Ti Ti Ti: Jorgito pede perdão à Desirée por traição e questiona se ela fez sexo com Armandinho na ilha

A modelo não aceita a desconfiança do amado


13 de setembro de 2021

Foto: Reprodução Globo/Montagem

Nos próximos capítulos de Ti Ti Ti, Desirée (Mayana Neiva) decide procurar Jorgito (Rafael Cardoso). Afinal, pouco antes, ela ouviu a revelação de Armandinho (Alexandre Slaviero) de que Stéfany (Sophie Charlotte) armou todo o sequestro com o intuito de fisgar Jorgito. Assim que vê a amada em sua casa, o ricaço fica feliz e fala que é bom saber que ela está bem.

Jorgito diz que ela nem imagina como foi horrível ficar sem notícias dela. “Tão horrível que você foi se consolar com a Stéfany, né? Eu não posso me conformar, Jorgito, justo com a minha prima”, cobra ela. O rapaz fala que ficou desnorteado ao ouvir ela dizer que estava “ótima” numa ilha com Armandinho. A modelo rebate dizendo que ficou feliz por estar viva e ter encontrado aquela ilha após ficar num barco à deriva.

Foto: Reprodução Globo

DESIRÉE SE MAGOA COM JORGITO: “O ARMANDINHO ME RAPTA NO DIA DO MEU CASAMENTO, VOCÊ ME TRAI COM A MINHA PRIMA E AINDA PERGUNTA SE EU FUI INFIEL?”

Jorgito fala que tudo dava a entender que ela tinha fugido com Armandinho. “Você acha que eu ia te abandonar no altar, sem dar nenhuma satisfação? Como você pode duvidar assim do meu amor, Jorgito?”. O rapaz afirma que estava desesperado e quase enlouqueceu de ciúmes imaginando os dois sozinhos numa ilha. “Ou você vai me dizer que não rolou nada esse tempo todo?”, fala ele.

Desirée o encara, incrédula, e dá uma risada. “Peraí, o Armandinho me rapta no dia do meu casamento, você me trai com a minha prima e ainda pergunta se eu fui infiel?”. Nesse momento, a modelo sobe o tom. “Eu tô começando a achar que foi uma benção esse casamento não ter acontecido. Adeus!”, fala ela, que se vira para sair.

Foto: Reprodução Globo

Mas Jorgito é rápido e a puxa. “Desirée, eu sei que eu fiz um monte de besteira, mas eu te amo, me perdoa? Me perdoa, meu amor, por favor”. A modelo pergunta se ele também chamava Stéfany de amor. “Aquilo não era amor, era raiva de você ter me deixado, era raiva, medo, tudo junto”.

O rapaz reconhece ter feito um monte de besteira. “Eu sei que eu pisei na bola feio, mas eu te amo. A minha vida não vai ter sentido sem você. Me perdoa, por favor”, fala ele, que chora. Ela o encara, também segurando o choro. “Eu não sei se eu consigo perdoar, Jorgito”, fala ela, que sai. O rapaz fica ali, aos prantos, desolado.

Foto: Reprodução Globo