Laços de Família: Fred explode com Clara após ela insinuar que Capitu é prostituta

O rapaz deixa o lado bom moço de lado e dá um sermão na esposa


17 de novembro de 2020

Com a sua calma de sempre, Fred (Luigi Baricelli) lê um livro, já deitado na cama. Nisso, Clara (Regiane Alves) já sai do banho reclamando. “Só faltava essa. Além da Capitu, agora eu tenho que me preocupar com essa idiota da Íris”, fala ela, após discutir com a irmã de Helena (Vera Fischer). O rapaz quer saber qual o motivo de se preocupar com a jovem. “Não seja cínico, Fred”, alfineta ela. Ele fala que não está sendo cínico e é ela quem está com essas ideias bobas na cabeça. “E por acaso eu sou idiota? As duas dão em cima de você na frente de todo o mundo”, fala ela. Fred só observa, em silêncio, a crise de ciúme da esposa. Primeiro, ela acusa Capitu (Giovanna Antonelli) de estar querendo reviver o passado com ele.

Depois fala que Íris (Deborah Secco) está querendo ver se tem algum futuro com ele. “Que maluquice é essa, Clara?”, pergunta o rapaz. Clara lembra que Íris a enfrentou e fez acusações. E avisa que da próxima vez, dará uma surra nela. O rapaz diz que Íris é só uma criança. “Criança? É a cara mais maliciosa que eu vi em toda a minha vida. Ela come você com os olhos. Aliás, ela faz isso com todo os homens”, afirma ela. Um pouco depois, ele diz que tanto Íris quando Capitu são mulheres “fáceis”. Fred fica sério. “Você está julgando as pessoas de uma maneira cruel e injusta”, repreende ele.

Clara avisa que sabe do que está falando. “E a Capitu... Essa aí tá na cara que ela é profissional. Sabe o que eu acho que ela faz? Vira bolsinha na avenida Atlântica", diz. Nesse momento, Fred perde a paciência e, com dedo em riste, chama fortemente a atenção de Clara. “Você não pode falar assim da Capitu”, afirma. A jovem quer saber o motivo de não poder falar. “Por que, te ofende achar que ela se vira?”, diz. O rapaz continua firme. “Me ofende que você acusa qualquer pessoa por vaidade e insegurança”, fala. Fred pede para ela deixar a Capitu e a Íris em paz. E sobe o tom. “Cuida da sua vida, do seu trabalho, da nossa filha”, diz.

Foto: Reprodução Globo

Clara fala que é só falar no nome de Capitu que ele “sobe” em seu pescoço. “Deixa de ser boba. Você está mais infantil do que tem o direito de ser. Que que cê tá querendo, passar a vida toda como uma bonequinha de luxo? Você tem uma filha pra cuida. Vê se abre os olhos, vê se cresce, porque está mais do que na hora”, afirma ele, bravo, que se vira e deita na cama. Clara fica passada com o sermão, sem saber o que dizer. No dia seguinte, ele passa no apartamento de Helena e dá de cara com Capitu no corredor. “Nossa, você tá com uma cor bonita”, elogia ele. Ela sorri e conta que andou mais cedo no calçadão com o pai. “Você acha que eu fico bem assim, mais queimada”, pergunta.

Fred a olha, encantado. “Fica bem, de qualquer jeito, você está sempre muito bonita”, fala. Ela agradece, tímida. Capitu conta que está indo comprar esmalte na farmácia. Ele fala que ela gosta de cor bem forte. “Por que, você não gosta?”, quer saber ela. “Bem, acho apenas forte, mas pode estar na moda”, fala. Os dois entram no elevador e um não tira o olho do outro. “O elevador continua o mesmo do nosso tempo”, fala ela. “Já era ruim naquela época”, emenda ele. Os dois riem. E Fred fala que faz questão de acompanhar ela até a farmácia. “Assim andamos um pouco juntos pelo bairro”, diz. Capitu, claro, adora!

Laços de Família: Pedro e Cíntia transam pela primeira numa cocheira

Laços de Família: Em novo embate, Íris afirma que Camila irá sofrer muito