Verão 90: O primeiro beijo de Janaína e Herculano

Cineasta fica caidinho pela mãe de João e se declara


  • 30 de janeiro de 2019
Foto: Reprodução Globo


O primeiro encontro entre Janaína (Dira Paes) e Herculano (Humberto Martins) será em um momento de grande estresse. Ela estará desesperada para levar Jerônimo (Jesuíta Barbosa), ferido em acidente de moto, ao hospital.

Herculano está no meio das filmagens de seu longa, mas empresta a kombi para levar o rapaz, e acaba acompanhando Janaína. Logo, o ex-ator de pornochancada fica encantado pela moça batalhadora.

Essa sequência irá ao ar nesta quinta, dia 31 de janeiro.

Verão 90: O primeiro beijo de Manuzita e João em reencontro

Canção do Technotronic, Pum Up The Jam, é abertura de Verão 90

HERCULANO ANTES DE DAR UM BEIJO APAIXONADO EM JANAÍNA: “DESDE QUE EU TE CONHECI, EU SÓ TENHO VONTADE DE FAZER UMA COISA...”

Após o susto, eles acabam se reencontrando. Uma das vezes, na pousada de Celestine (Bel Kutner), onde Janaína trabalha. Logo, Herculano fica apaixonado pela comida dela. No outro dia, eles se encontram no banco, e ele oferece uma carona para a mãe de João (Rafael Vitti) e Jerônimo. Enquanto passam por uma praia, ele estaciona o carro. “Isso é um sequestro? Porque eu preciso voltar pra pousada”, avisa ela.

Herculano logo a encara. “É um sequestro”, diz. “E é pra eu ficar com medo?”, pergunta ela. Nisso, ele faz um carinho nela. “Sabe que desde que eu coloquei os olhos em você, lá naquele posto de saúde...”, começa a falar ele. “Quando eu bati no vidro do seu carro feito uma louca?”, lembra ela. “Não. Eu vi você antes, lá dentro brigando com o médico”, conta ele. “Então você teve certeza que eu era mesmo uma louca”, diverte-se ela.

“Talvez... Uma louca brigando pela vida do filho...”, fala ele, sério. “Eu não consigo te tirar da cabeça, Janaína...”, revela o cineasta. Os dois se olham, e a tentação é grande. “E desde que eu te conheci, que eu só tenho vontade de fazer uma coisa...”, confessa ele. “Então a gente empatou, porque desde que eu coloquei os olhos em você, que eu sinto a mesma vontade...”, admite ela.

Nisso, Herculano puxa Janaína pra perto de si, e eles se beijam com paixão. E o clima vai esquentando. “Espera, Herculano. Eu perdi a prática... Namorar assim no carro... Não sou mais uma adolescente”, fala ela, divertida. “Desculpe... Eu devia ter te convidado pra sair, pra jantar, sei lá... Mas eu não aguentei esperar...”, diz ele, sem jeito.

Os dois ficam se olhando por um tempo. “Vamos com mais calma, tá?”, pede ela, que se controla. “Claro, claro... Vamos conversar, eu quero saber de você...”, pergunta ele. E os dois ficam ali, já "controlados", no maior papo.



Veja Também