Verão 90: João chora ao ouvir que ninguém contrata assassino

Após cumprir pena, ele promete à mãe que terá a sua vida de volta


  • 08 de março de 2019
Foto: Reprodução Globo


João (Rafael Vitti) conseguiu a sua liberdade condicional após cumprir três anos de prisão pelo suposto assassinato da DJ Nicole (Bárbara França). Num primeiro momento, ele é recebido com festa pela família, amigos, curte a novidade, o churrasco de boas-vindas.

Mas ele ainda não imagina a dura realidade do dia a dia que o espera, sendo um ex-presidiário. E o primeiro baque ele sente quando procura seu ex-chefe na rádio Maremoto.

Essa sequência irá ao ar no dia 13 de março.

EX-CHEFE DIZ JOÃO: “DESISTE DE TRABALHAR EM RÁDIO, TELEVISÃO... NESSE MEIO IMAGEM É TUDO. E VOCÊ TÁ QUEIMADO. NINGUÉM VAI TE CONTRATAR”

Após ideia da amiga Moana (Giovana Cordeiro) para procurar o ex-chefe na Rádio Maremoto, onde comandou o sucesso Onda Cavada no passado, João não perde tempo. Ele liga para a empresa e marca de se encontrar com o ex-chefe numa lanchonete. Lá, o executivo é simpático com João. “Que bom que você tá livre, cara!”, diz ele, ao dar um abraço no ex-funcionário.

João o agradece por ele ter sido sua testemunha de defesa no julgamento. “Só falei a verdade, você sempre foi um excelente funcionário. Tenho certeza que você vai dar a volta por cima, João, você é jovem, tem garra”, diz o homem. “Que bom que você pensa assim, chefe. Por que eu tô aqui justamente pra te pedir uma chance. Eu soube que a Maremoto tá bem de novo, será que eu não consigo voltar com o Onda Cavada?”, fala ele, cheio de esperança.

 

 

O executivo fica sem graça e dá uma desculpa. “Olha, João, a gente tá com os horários todos cheios”, diz. ”Espera, chefe, se não der pra eu voltar a ter um programa meu, eu posso ficar só de locutor. Já seria um começo, né?”, sugere. “João, se eu pudesse, eu te contratava agora. Aliás, eu até voltava com o Onda Cavada que era um programa ótimo. Mas os anunciantes da rádio não iam aceitar...”, acaba confessando o executivo.

João muda o semblante, e sente ali o baque. “Tenta entender o meu lado, você foi condenado por assassinato. Um crime de grande repercussão”, tenta explicar o chefe da rádio. “Tá tudo bem, chefe, eu entendo”, fala ele, péssimo. O homem fica com pena. “Eu gosto de você, por isso vou te dar um conselho. Você tem que tentar investir em outro campo. Você é inteligente, vai se adaptar, pode até se dar bem. Mas desiste de trabalhar em rádio, televisão... Nesse meio imagem é tudo. E você tá queimado. Ninguém vai te contratar”, diz. João fica ali, arrasado.

Verão 90: João deixa a cadeia após três anos, e Manu observa de longe

Verão 90: A dor de João com a condenação e a perda de Manu

JOÃO À JANAÍNA: “PRA TER A MINHA VIDA DE VOLTA, TENHO QUE DESCOBRIR A VERDADE E COBRAR DE QUEM REALMENTE TEM CULPA. TENHO QUE FAZER ISSO POR MIM E PELA NICOLE”

Já em casa, Janaína (Dira Paes) logo percebe algo estranho no filho. E pergunta como foi o encontro dele com o ex-chefe. “Tranquilo, ele falou que ia ver”, disfarça. “Pela sua cara, não teve nada de tranquilo. Eu te conheço, tô vendo que cê tá chateado. O que aconteceu, João?”, pergunta ela. E ali ele explode. “Eu tô ferrado, mãe, minha carreira acabou! O Big Boss disse que eu devia mudar de área. Nenhuma rádio, TV... Ninguém vai me contratar, mãe!”, diz, aos prantos.

Janaína fica desconcertada ao ver o filho naquele estado. “Que absurdo! Como é que ele te diz isso? Não tinha nada que te botar pra baixo”, fala. “Ele falou na boa, queria me ajudar. E ele tem razão. Nunca mais vou conseguir trabalhar no que eu gosto, vou ter que abrir mão dos meus sonhos”, constata. Janaína o abraça, mortificada. “Com o tempo as coisas se ajeitam. As pessoas esquecem”, fala ela.

“Ninguém vai esquecer o que aconteceu. Eu não consigo esquecer! Não basta cumprir pena, eu tenho que provar minha inocência”, fala ele. Janaína se preocupa. “Meu filho você foi julgado, condenado, passou três anos naquela cadeia. Não conseguimos provar a sua inocência nem no julgamento. Agora? Será que não é melhor colocar uma pedra em cima disso?”, deduz ela. “E deixar por aí, solto, quem realmente tem culpa nessa história?”, rebate ele.

Logo Janaína o lembra que ele não tem a menor ideia do que aconteceu naquela noite. “Mas tenho certeza de quem mentiu pra me incriminar. Já é um começo. Enquanto eu apodrecia na cadeia, o Jerônimo, que armou pra cima de mim, tava livre, só se dando bem! Isso não pode ficar assim, mãe! Pra eu ter a minha vida de volta, eu tenho que descobrir a verdade e cobrar de quem realmente tem culpa nessa história. Tenho que fazer isso por mim mãe. E pela Nicole também”, ressalta ele, com raiva e decidido.

Verão 90: Diego diz à Larissa que envolvimento deles foi um erro

Verão 90: Dandara intima Quinzinho após nova transa



Veja Também