Topíssima: Dagoberto desesperado ao ver Andrea na mira de uma faca

O ex-policial tenta salvar a filha das mãos do bandido Taylor  


  • 23 de outubro de 2019
Foto: Blad Meneghel/Record TV


Dagoberto (Kadu Moliterno) passará por uma situação bastante tensa ao ver a própria filha, Andrea (Letícia Peroni), na mira de uma faca.

É que Taylor (Emílio Orciollo Netto), com a aparência toda repaginada, vai até a república a procura de Edison (Bruno Guedes). E ao ver a jovem tentando ataca-lo com uma faca, o bandido a rende.

Essa sequência está prevista para ser exibida no dia 24 de outubro.

TAYLOR AO RENDER ANDREA: “GAROTA IDIOTA! ESTÁ PENSANDO QUE PODE COMIGO?”

Preocupada com o sumiço de Dagoberto, Andrea acaba pegando uma faca na cozinha. E ao se ver diante de Taylor e Edison, ela os ameaça. “Cadê o Dagoberto, seu traficante maldito?”, pergunta. Taylor fica tenso. “Eu avisei”, diz Edison baixinho. “Fica calminha aí, garota! Isso que você tem na mão não é brinquedo!”, diz Taylor. “Onde ele está? O que fizeram com ele? Fala logo senão eu te furo”, avisa a garota.

Nisso, Taylor vai se aproximando dela. “Ninguém fez nada com o cara. Ele está procurando umas fotos do meu filho pra me mostrar, só isso”, diz. “Eu já sei que ele não é seu filho coisa nenhuma! Se afasta, estou avisando!”, ameaça ela. “Você está viajando, menina. Aqui todo mundo é família, não é meu filho?”, mente ele. “Melhor largar essa faca, Andrea. Você não vai fazer nada mesmo com ela”, aconselha Edison.

Mas numa distração de Andrea que olha para Edison, Taylor chuta a mão dela e a faca cai. Taylor pega a faca rapidamente e já domina a jovem. “Garota idiota! Está pensando que pode comigo?”, brada o bandido. “Solta ela, cara! É melhor pra você!”, aconselha Edison. “Nem pensar. Vai ficar bem quietinha, senão é você quem vai se dar mal”, avisa.

Andrea está apavorada com a faca em seu pescoço. Enquanto isso, os cachorros Trombada e Lady Loren tentam abrir a porta e choram, agitados. Dagoberto, que foi até o quarto, finalmente acha a sua arma. Ele a municia, e se prepara para voltar à sala. Andrea continua desesperada. “Você não vai conseguir escapar! O Dagoberto vai acabar com você!”, diz a menina. “Isso é o que a gente vai ver, garota metida!”, avisa o bandido.

ANDREA IMPLORA A ADALBERTO: “NÃO  SE ARRISCA NÃO! POR FAVOR... FICA COMIGO...”

Dagoberto vem de dentro e se depara com a menina, que é sua filha biológica, mas ela não sabe, sendo usada como escudo por Taylor. “Parado!”, fala Dagoberto. “Acerta ele, Dagoberto!”, provoca Edison. “Solta a menina ou eu atiro!”, ameaça. Andrea chora desesperada. “Eu não quero morrer, Dagoberto!”. O ex-policial aponta a arma para Taylor. “Ouviu a garota? Solta a arma agora!”, ordena o vilão. “Faz o que ele está mandando, Dagoberto! O Taylor vai matar ela!”, fala Edison.

Taylor e Dagoberto se encaram. O clima é de tensão. “Larga ela, Taylor!”, pede Dagoberto. “Não!! Solta a arma primeiro!! Anda!!!”, diz o bandido. Taylor força mais a faca na garganta da jovem. “Solta logo, Dagoberto!!!”, insiste Edison. Contrariado, o ex-policial sola a arma. “Pronto, Taylor! Acabou! Vai embora! Foge, vai!!”,  diz Edison. “A polícia está vindo! Se matar ela, vai ter que me matar também porque eu não vou deixar você sair!”, avisa Dagoberto.

Taylor o provoca. “Como é corajoso...”, diz. Edison volta a lembrar que a república está com escutas. Dagoberto estranha Edison saber disso. “Me larga, por favor...”, pede Andrea. “Nossa conversa ainda não terminou”, avisa Taylor olhando para Edison. Nisso, o bandido empurra Andrea na direção de Dagoberto, que a abraça.

O ex-policial ainda pede a arma a Edison para ir atrás do vilão. “Não!”, diz o jovem. “Defendendo o seu comparsa, seu bandido miserável?”, fala Dagoberto. “Não se arrisca não, Dagoberto! Por favor... Fica comigo...”, implora Andrea, fragilizada e ainda trêmula. “Calma, meu anjo... Acabou... Tá tudo bem agora. Fica calma...”, fala Dagoberto para a menina, que nem imagina que ele é seu filho biológico.

Topíssima: André festeja volta ao trabalho com beijo apaixonado em Graça

Topíssima: Sophia e Antonio dormem de conchinha na mata



Veja Também