Topíssima: A tristeza de André ao ver Jade partindo para a Europa com a mãe

A menina toma a decisão após ser ludibriada por Thaís


  • 01 de dezembro de 2019
Foto: Montagem


Ao ver André (Sidney Sampaio) na TV trocando tiros e se arriscando para prender Pedro (Felipe Cardoso), Thaís (Samara Felippo) bate o martelo para levar Jade (Myrella Victoria) com ela para a Europa.

E tocando nos sentimentos da menina, a perua convence a filha que o melhor é mesmo viver com a mãe. Ao saber da notícia, o delegado se desespera.

Essa sequência deve ser exibida no dia 6 de dezembro.

JADE APÓS SER LUDIBRIADA POR THAÍS: “VOCÊ ACHA QUE EU ATRAPALHO A VIDA DO PAPAI”

No hotel, Thaís aguarda Jade sair do quarto. A garota está emburrada. “Você não pode me obrigar a ir, mãe! Já disse que não quero!”, fala. “E criança tem que querer alguma coisa? Não vou continuar discutindo com você, Jade. Tá decidido!”, afirma Thaís. Escondida, Jade consegue mandar uma mensagem para o pai. Com tudo pronto, Thaís se aproxima da garota, agora mais calma. “Desculpa se a mamãe foi meio rude... Só quero que entenda que estou pensando no seu bem, meu amor”, diz.

Jade diz que o seu bem é ficar com o pai, no Brasil. Thaís então muda de estratégia. “Você está falando que quer ficar com o seu pai, que é o melhor a fazer. Mas já parou pra pensar no que é melhor pra ele?”, diz a ricaça. “O melhor pra ele é ficar comigo”, afirma Jade. “Eu sei que vocês dois têm uma ligação muito forte, mas já pensou no sacrifício que o André faz pra cuidar de você?”, diz a perua.

A garota conta ter certeza que o pai não acha sacrifício algum viver com ela. “O papai me ama!”, diz. “Claro que ama, e muito. E sei que você também. Por isso mesmo, não acha que deveria pensar um pouquinho mais nele?”, fala. “Mas eu penso”, rebate a menina. “O seu pai tenta esconder, mas ele sofre. O trabalho dele o absorve muito e ele acaba deixando furos com você. Acha que é fácil pra ele?”, diz.

Jade está triste. “Você acha mesmo que eu atrapalho a vida do papai?”, pergunta. “Não que atrapalhe, mas o pouco tempo que ele tem fora do trabalho é pra cuidar de você, não faz nada por ele, entende? Quanto tempo ele ficou sem uma namorada?”, fala Thaís. Ela usa tantos argumentos, que deixa a menina com sentimento de culpa. Até que com os olhinhos cheios de lágrimas, ela toma a decisão. “Tudo bem, mãe. Vou com você pra Itália”, fala.

ANDRÉ DESOLADO: “NÃO ACREDITO QUE VOCÊ ESTÁ INDO EMBORA, JADE. SOMOS UMA FAMÍLIA... COMO É QUE EU VOU VIVER SEM VOCÊ?”

André, que acabara de prender Pedro numa grande perseguição, lê a mensagem de Jade, e se desespera. Mesmo com a roupa molhada, levemente machucado, ele pega o carro da polícia, liga a sirene e se dirige ao aeroporto. As ruas estão engarrafadas. No carro com Jade, Thaís continua falando sobre a violência do Brasil. Nisso, Jade vê o pai no carro da polícia. “Pai! Pai! Aqui!”, grita. “Que é isso, filha?”, diz Thaís. “É o meu pai ali! Tenho certeza!”, fala a menina.

O taxista abre a janela. E logo André vê a filha pelo retrovisor. Ele sai do carro e em direção ao táxi. “Volta aqui, Jade! Essa área é perigosa!”, diz Thaís, ao ver a filha deixar o táxi. Alguns carros buzinam, até que pai e filha se abraçam. “Que bom que consegui te encontrar!”, diz ele. “Fui eu que te achei e comecei a gritar, pai”, afirma a menina. “É verdade. Você tem olho bom. Praticamente uma detetive”, brinca ele.

Logo a garota percebe que ele está ferido. “Não é nada. Não se preocupa. A gente continua essa conversa em casa, Jade. Vai lá pra viatura. Vou te levar pra casa, mas antes tenho que falar com a sua mãe”, diz ele. Mas André percebe que a filha ficou ali, parada. “Que foi?”, pergunta. “Pai! Quero ir com a mamãe pra Itália”, diz ela. André se agacha. “Por que está falando isso, Jade? Você sempre quis ficar aqui comigo”, ressalta. Jade se cala. “Sua mãe te ameaçou? A Thaís te pressionou de alguma forma? Você sabe que pode contar toda a verdade pra mim, não sabe?”, diz.

Jade chora e abraça André. “Sou eu mesma que quero ir. Quero ficar com a mamãe lá na Itália e voltar pra passar férias com você aqui no Brasil”, diz. “Tem certeza disso? Por que mudou de ideia tão de repente?”, insiste ele, emocionado. A menina desconversa. “Te amo muito, pai. Quero que seja feliz, você e a Graça. Dá atenção pra ela, está bem?", fala. “Não consigo acreditar que você está indo embora! A gente é uma família, meu amor. Somos tão felizes! Como é que eu vou viver sem você?”, diz ele. “Não fica triste, não”, fala Jade, aos prantos. André leva as duas até o aeroporto. Arrasado, ele nem consegue ver o avião decolando.

Topíssima: Antonio e Sophia trocam declarações apaixonadas

Topíssima: Sophia dá fora e escorraça Lima de sua suíte



Veja Também