Salve-se Quem Puder: Luna confessa que está sentindo algo por Téo: “Foi forte”

Ela fica mexida após primeira sessão de fisioterapia com o diretor


  • 20 de fevereiro de 2020
Foto: Globo/Camilla Maia


Aos poucos, Luna (Juliana Paiva) vai percebendo que o sentimento de gratidão por Téo (Felipe Simas) ter salvado a sua vida, vai além...

Quando chega em casa após a primeira sessão de fisioterapia com ele, a jovem confessa que está sentindo algo pelo diretor.

Essa sequência deve ser exibida a partir do dia 26 de fevereiro.

LUNA À ERMELINDA: “É QUE EU ACHO... QUE EU TOU SENTINDO ALGUMA COISA PELO TÉO, ENTEADO DA MINHA MÃE”

Depois da fisioterapia com Luna, Téo está pensativo em seu quarto. Ele lembra o que a jovem lhe disse logo após ele narrar como salvou uma moça no furacão. “Sabe, se eu fosse essa garota... Quase morrendo naquele furacão, desesperada, ia te agradecer pro resto da vida, por ter me salvado. Você foi... Alias, é... Um ser humano muito especial”, disse ela. Téo, então dia a si: “Especial é você, Fiona... Muito, muito especial...”, afirma ele, que abre um sorriso ao lembra da jovem.

Já Luna chega confusa em casa. Ela vê dona Ermelinda (Grace Gianoukas) dando comida para Filipa e a chama. “Dona Ermelinda, preciso desabafar com a senhora...”, fala. “Não me diga que a sua mãe descobriu que ocê é fia dela? Misericórdia! Sabia que ia dar confusão. Agora, se ela fala que cê tá viva e os bandido descobre”, angustia-se a dona de casa. “Não é isso!”, a tranquiliza Luna. “Ufa! Então não deve ser nada grave...”, constata Ermelinda.

Nisso, Luna a olha, e confessa: “É que eu acho... Que eu... Que eu tou sentindo alguma coisa pelo Téo... Pelo enteado da minha mãe”. Ermelinda fica chocada. “Ai, não. Não é possível. Isso é grave! Gravíssimo”, fala. Luna fica em silêncio. Ermelinda, aflita, garante que ela está fazendo, sim, uma confusão. “Das grande... Já não basta tar perto da sua mãe? Correndo o risco dela lembrar d’ocê? E agora vai se apaixonar pelo enteado dela?”, repreende a senhora.

Salve-se Quem Puder: Bia e Tarantino cada vez mais apaixonados

Salve-se Quem Puder: Téo emociona Luna ao narrar como salvou uma menina no furacão

ERMELINDA PEDE PARA LUNA SE AFASTAR DE HELENA: “ELA PODE NÃO TER PERCEBIDO AINDA, MAS DEVE SENTIR ALGUMA COISA QUANDO TE VÊ”

Luna, confusa, tenta se explicar. “Eu não tô apaixonada! Só disse que senti uma coisa quando tava com o Téo... Fiquei tão emocionada quando ele falou com tanto carinho da garota que ele salvou do furacão, que ele não sabe que sou eu! Ah, dona Ermelinda, não vou negar, foi forte... O coração batendo rápido”, conta. “Luna, cria juízo. Cê e as meninas tão tudo errada. O certo era tarem em Judas do Norte com a gente protegendo ocês. Num complica. Oia, quem sabe num é tudo confusão da sua cabecinha”, diz.

A jovem fala que Ermelinda deve estar certa. “Eu amo o Juan. A gente namorou desde sempre... Tô sentindo falta dele, devo tar carente. É isso, carência! E gratidão, claro... Téo salvou minha vida. Foi um herói. O que ele fez por mim mexe comigo. Tô confusa, misturando tudo. Muita coisa na cabeça...”, constata ela. “Então, não volta naquela casa. Nem no Empório da sua mãe. Ela te abandonou novinha, mas continua sendo sua mãe”, diz Ermelinda.

A dona de casa lembra que a qualquer hora Helena pode descobrir que Luna e Fiona são a mesma pessoa. “Ela pode não ter percebido ainda, mas deve sentir alguma coisa quando te vê”, acredita Ermelinda. Luna fica ali, pensativa e angustiada.

Salve-se Quem Puder: Kyra se entende com as crianças e Alan fica encantado

Salve-se Quem Puder: O primeiro beijo de Tarantino e Bia



Veja Também