Regina Casé será Lurdes em Amor de Mãe: “Não é indefesa, nem sofrida”

Atriz volta às novelas após 18 anos com personagem em busca de filho vendido


  • 20 de outubro de 2019
Foto: Globo/Paulo Belote


Mães batalhadoras e corajosas estão virando uma constante na carreira de Regina Casé. Afinal, quem não se lembra de Rosalva, de As Filhas da Mãe, última novela da atriz, em 2011? E da doméstica Val do filme Que horas ela volta?, exibido em 2015 nos cinemas? Em Amor de Mãe, a próxima trama das 9 de Manuela Dias, com estreia prevista para novembro, não será diferente.

Regina dará vida à Lurdes, uma mulher simples e batalhadora, que tem cinco filhos. Ela sai do vilarejo em que morava, no interior do Rio Grande do Norte, em busca de um dos seus meninos que foi vendido pelo próprio pai, há 26 anos. “Se eu tiver que definir a Lurdes em uma palavra eu diria coragem”, conta.

Fale um pouco mais sobre a sua personagem em Amor de Mãe? Lurdes (Regina Casé) é uma mulher simples que nasceu em Malaquitas, cidade fictícia no Rio Grande do Norte. Ela é batalhadora e ama a família incondicionalmente. Lurdes deu à luz a quatro filhos: Magno (Juliano Cazarré), Ryan (Thiago Martins), Domênico (Eros Lazari quando criança) e Érica (Nanda Costa). E é também mãe de Camila (Jéssica Ellen), que o destino colocou em sua vida.

Lurdes (Regina Casé). Foto: Globo/João Cotta

Como você a definiria? Se eu tiver que definir a Lurdes em uma palavra eu diria coragem. Ela é uma mulher inteligente e que tem uma afetividade constante com os filhos. E, apesar da vida ter sido tão dura com ela, tem um ótimo senso de humor. Ela não é indefesa, nem sofrida. É uma personagem linda!

E como é a relação dela com os filhos? O Magno é o mais velho e sabe tudo que aconteceu antes de partirem para o Rio, o que aproxima os dois. Eles são muito amigos. O Ryan é o artista da casa, é sensível, carinhoso e protetor. A Érica é a filha que mais entra em conflito com a mãe, mas as duas se amam muito também. Já Camila tem uma ligação muito grande com ela. Quando Lurdes a encontra, aquele amor se dá instantaneamente.

Qual a sensação de voltar às novelas depois de 18 anos ? Eu sou uma atriz. Durante muito tempo eu fui uma atriz que apresentava um programa. Mas eu sentia falta de atuar. E a cada vez que eu fazia um filme ou uma peça, a resposta era maravilhosa. O José Luiz Villamarim (diretor artístico) e a Manuela Dias me convidaram de uma maneira tão linda que foi impossível recusar.



Veja Também