Orgulho e Paixão: Julieta vai para a cozinha com Jane e Tenória

Rainha do Café, Aurélio e Barão felizes com a agora grande família


  • 14 de setembro de 2018
Foto: Reprodução Globo


Julieta (Gabriela Duarte) só quer saber agora de aproveitar os bons momentos ao lado da família, que só aumenta. Num piquenique, bem no meio do bosque, estão a Rainha do Café, Aurélio (Marcelo Faria), Barão (Ary Fontoura), Estilingue (JP Rufino), Camilo (Maurício Destri) e Jane (Pâmela Tomé).

E Julieta fala da sua alegria com aquele momento. “Estar aqui com vocês é a melhor maneira de celebrar a vida depois da tristeza pela morte de Lorde Williamson. Ele tinha apreço pelos campos e bosques, pela flora brasileira, certamente estaria feliz aqui”, diz ela.

E Barão, claro, solta uma de suas tiradas. “A essa altura, o inglês está penteando as barbas de Deus em lugar bem mais aprazível. Aquele topetudo se apossou de minha fazenda e agora da morada eterna na minha dianteira!”, fala. “Não reclame da vida, papai. Olha quanta sorte está tendo!”, ressalta Aurélio.

Orgulho e Paixão: Ema revela a Ernesto que está grávida

Orgulho e Paixão: Julieta pede Aurélio em casamento

BARÃO PARA TENÓRIA E ESTILINGUE: "SE FOMOS ESTRANHOS UNS PARA OS OUTROS A VIDA INTEIRA, O QUE IMPORTA É QUE A VIDA CORRIGIU ESSE ERRO TERRÍVEL”

No local, ao acariciar a barriguinha de sua amada, Jane, Camilo lembra que seus negócios estão prestes a começar. “Logo nosso café sobre rodas estará pronto, Barão! Os Três Mosqueteiros serão um sucesso!”, vibra ele. “E ter sorte duas vezes na vida é pra poucos!”, lembra Jane. “Por isso, resolvi abraçar a minha. De ter recebido do destino uma família”, fala Tenória.

Estilingue já ameaça abrir um sorrisão. “Não me diga que é o que sempre sonhei, mãe?”, pergunta o garoto. “É bom poder realizar seu sonho, meu filho. Decidi aceitar o convite de dona Julieta: vamos nos mudar para a fazenda Bittencourt. Se ainda estiver de pé, claro”, fala ela. “Mas é evidente que sim, Tenória! Uma alegria!”, festeja a Rainha do Café, e todos comemoram.

Nesse momento, o velho Barão começa a soluçar, emocionado. E todos se surpreendem. “O que houve, papai? Sente alguma coisa?”, indaga Aurélio. “Ele não gostou da notícia, alguma dúvida?”, pergunta Tenória.

Com seu jeito rabugento de sempre, mas com lágrimas nos olhos, ele diz: “Não seja respondona, menina!”, diz. “É justo o contrário: estou arrependido do que falei há pouco. Se estivesse morto como Lorde Williamson, não teria vivido esse momento lindo. E se fomos estranhos uns para os outros a vida inteira, minha filha e meu neto, o que importa é que a vida corrigiu esse erro terrível a tempo de me presentear. Obrigado, meu Deus, por todas as maravilhas”, agradece ele.

Todos ali se amocionam. E ele abre os braços para Tenória. Logo, Estilingue entra naquele carinhoso abraço. Mais tarde, eles chegam com as malas na fazenda. “Que bom te ter aqui, minha irmã. Mas Estilingue, quero saber se você está feliz!”, pergunta Aurélio. “O que, tio Aurélio? Eu nem sabia que a vida dava tanto assim! Olha só, ganhei uma família!”, comemora o menino.

EM DIA DE FARRA NA COZINHA, JULIETA FALA PARA JANE DA IDEIA DE SE CASAR NO MESMO DIA QUE ELA E CAMILO: "QUE NOTÍCIA DELICIOSA", DIZ A JOVEM.

Alguns dias depois, na cozinha da Fazenda Bittencourt, Jane faz um empadão com Tenória. Um pouco sujas de farinha, elas se divertem, e Tenória prova a receita. “Ave Maria, Jane! Você botou uma pitada de leite e uma xícara de sal!”, elas dão risadas. Nisso, entra Julieta. “Desculpe a bagunça, dona Julieta! Tomei a liberdade de fazer uma receita para agradecer sua hospedagem tão carinhosa”, fala Tenória.

Logo, Jane explica que está tendo umas aulinhas. “E eu descobri que mesmo sendo filha de dona Ofélia, tenho muito que aprender na cozinha!”, diz ela. E Julieta surpreende as duas. “Pois vim fazer o mesmo. Quero aprender também. Nunca fiz um prato pro meu filho, por exemplo. Provavelmente será a primeira e última vez, mas preciso passar por isso na minha vida”, diverte-se ela.

Cúmplices, Jane e Tenória se olham e riem uma para outra. A partir desse momento, a Rainha do Café põe literalmente a mão na massa, sob as instruções de Jane e Tenória. Ela acaba, claro, sujando o vestido, num misto de brincadeira e missão. No fim, todas riem, mas admiram a receita pronta.

E Julieta fica feliz com a sua “criação”. “Com vocês, rocambole de baba de moça de Julieta Bittencourt! Nunca imaginei que eu fosse capaz... Será que Camilo vai gostar?”, pergunta. “Nada mal para uma principiante”, diz Tenória. Jane prova e diz: “Camilo não sei, mas eu... Comeria inteirinho!”, fala a gravidinha Jane.

Aproveitando o momento de afeto com a nora, Julieta a surpreende. “Já que estou em alta conta nos seu gostos, Jane, será que posso fazer um outro pedido?”, diz. “Se for um prato que eu saiba fazer...”, fala a jovem. 

E a Rainha do Café explica: “Essa receita só inclui amor e tolerância, ingredientes que você conhece como ninguém. Sugeri a Camilo que nos casássemos numa cerimônia única: você e ele, Aurélio e eu...”, fala. “Dona Julieta, que notícia mais... deliciosa!”, vibra ela. Nora e sogra riem e se abraçam, sob o olhar emocionado de Tenória.



Veja Também