Orgulho e Paixão: Julieta surpreende ao usar peça colorida

Rainha do Café ganha elogio de Aurélio em sua nova fase


  • 29 de agosto de 2018
Foto: Reprodução Globo


Os dias negros agora são coisa do passado para Julieta (Gabriela Duarte). Desde que descobriu o verdadeiro amor com Aurélio (Marcelo Faria) e se reconciliou com o filho, Camilo (Maurício Destri), se libertando de feridas antigas, a Rainha do Café vive uma fase mais solar.

Tanto que em certa manhã, em sequência a ser exibida na primeira semana de setembro, enquanto Aurélio conversa no café da manhã com o pai, Barão (Ary Fontoura), Julieta surge, usando uma echarpe colorida. “Ora, ora... a vida não cansa mesmo de surpreender”, diz Aurélio.

O Barão também mostra-se surpreso. “Estou vendo coisas mesmo... Primeiro vejo as pilantras (Susana e Petúlia), agora a viúva negra do Café nesses trajes?”, diz ele. Bem-humorada, ela brinca: “Não estou entendendo... Há algo de diferente em mim hoje? Nem notei”, diz.

Apaixonado, Aurélio a elogia. “Se há, eu não sei. O que estou vendo na minha frente é a mulher que amo, só isso”, limita-se a falar o empresário, antes de beijar a sua amada.

Orgulho e Paixão: Julieta festeja com Aurélio sua nova fase

Orgulho e Paixão: Ema e Ernesto brigam e dormem separados

JULIETA REABRE ARMÁRIO SÓ COM PEÇAS COLORIDAS

Certo dia, em seu quarto na Fazenda Bittencourt, Julieta pega uma chave guardada num antigo porta joias. Calmamente, ela abre uma porta do armário e se vê diante de muitos vestidos e peças de várias cores. Ali, a Rainha do Café admira o seu passado, até que pega uma echarpe azul, joga nas costas e sorri diante do espelho.

Pronta para o casamento de Mariana (Chandelly Braz) e Brandão (Malvino Salvador), Julieta aparece de braços dados com Aurélio no salão de sua fazenda, enquanto o Barão cochila. Ela usa uma estola azul marinho. Assim que desperta, Barão arregala os olhos.

“Deus das montanhas! Daqui a pouco vira o arco-íris de tantas cores!”, diz o velho senhor. Julieta responde com bom humor ao sogro. “Que exagero, Barão. Estou num processo. Como o do senhor, que aos poucos está se tornando uma pessoa mais tratável, mas às vezes escorrega. Gostou?”, indaga ela.

Ranzinza, ele fala: “Ah, muito! Antes eu morava com uma bruxa!”. Aurélio logo repreende o pai. E logo Barão remedia-se. “Bruxa boazinha, meu filho! Daquelas que não metem medo, só dão pena na gente. Tudo bem... Está muito bonita, Julieta. Meu filho até que teve sorte”, diz.

A nova Julieta diverte-se. “O senhor também está garboso... Meu futuro sogro”, fala ela. E Aurélio sorri orgulhoso diante dos dois.



Veja Também