Órfãos da Terra: Jamil se irrita com proximidade de Laila e Bruno

Após o ataque de ciúmes, rapaz declara-se para a esposa


  • 11 de maio de 2019
Foto: Reprodução Globo


Aos poucos, Jamil (Renato Góes) não conseguirá esconder o ciúmes da proximidade de Laila (Julia Dalavia) e Bruno (Rodrigo Simas).

Ainda mais que os dois trabalham juntos no centro de refugiados.

Essa sequência está prevista para ser exibida no dia 16 de maio.

LAILA A JAMIL: “COMO VOCÊ PODE DUVIDAR DOS MEUS SENTIMENTOS DEPOIS DE TUDO O QUE VIVEMOS JUNTOS? DEPOIS DO NASCIMENTO DO RADUAN? NUNCA SENTI NADA PELO BRUNO”

A mais nova discussão entre o casal acontece quando Jamil vai buscar Laila no centro de refugiados  a vê chegar com Bruno. Ela e o fotógrafo conseguiram encontrar na rua Martin, o filho de Marie (Eli Ferreira), que estava desaparecido, mas fugiu após a congolesa o reconhecer ali no centro. “Vim te buscar, Laila. Esqueceu a festa de noivado do Ali?”, fala Jamil, irritado. “Com essa confusão toda com Martin, acabei esquecendo da festa!”, diz ela.

Jamil continua repreendendo-a. “Você se arriscou, saindo pela rua, atrás desse shabb. Podia ter acontecido alguma coisa”, fala. Nesse momento, Bruno intervém, tentando ser conciliador. “Ela estava comigo, Jamil. Todo mundo saiu correndo atrás do rapaz e...”, tenta explicar o jovem. “Desculpe, Bruno, mas eu preferia falar com a minha mulher a sós”, corta Jamil. “Claro, desculpa. Com licença”, fala Bruno, que sai.

 

 

Por causa de toda a confusão, Laila diz ao marido que prefere não ir ao noivado. E assim que chegam em casa, a jovem confronta o marido. “Mish mûmkin, Jamil! Você está assim só porque me viu com o Bruno?”, pergunta. “Fala a verdade, Laila: você se arrepende de ter casado comigo? Acha que ia ser mais feliz com aquele shabb?”, indaga o rapaz.

Ela se surpreende e pergunta como ele pode duvidar dos sentimentos dela depois de tudo o que viveram juntos, do nascimento do filho. “Eu nunca senti nada pelo Bruno! Lá shay!”, fala. “Mas ele continua apaixonado por você, Laila! Mesmo depois de tanto tempo, os olhos dele ainda estão cheios de paixão!”, afirma ele.

Órfãos da Terra: Faruq se declara para Letícia

APÓS A DISCUSSÃO, JAMIL SE DECLARA: “VOCÊ E RADUAN SÃO TUDO PRA MIM, SÃO O AR QUE EU RESPIRO, A LUZ DOS MEUS OLHOS! EU NUNCA VIVERIA SEM VOCÊS!”

Laila continua afirmando que nunca deu esperanças ao fotógrafo. “E sabe por quê? Porque nunca tive olhos pra outro homem. Só para você, Jamil! Agora me diga: e você? Será que não está inseguro porque tem dúvidas sobre nós dois?”, indaga ela. Ele se surpreende. “Talvez você se pergunte se não teria sido mais feliz se tivesse casado com Dalila!”, fala ela, brava, lembrando que ele poderia ser dono de um império. Ele garante que nunca viu o rosto de Dalila e não admite que a esposa pense esse tipo de coisa.

Laila diz que, assim como ele suspeitou dela, ela também tem o direito de suspeitar dele. E sai, brava, para ver Raduan. O filho dorme e ela o observa, amorosa. Jamil entra, arrependido. “Sâmhíni, habíbti. Perdoe esse seu marido ciumento e bobo. Eu fiquei inseguro, com medo de perder você pro Bruno”, diz ele. “Algum dia dei a você motivo pra isso, Jamil?”, fala ela. “La’! Nunca", admite ele.

Laila agora é quem o questiona. “E você, Jamil? Será que vai deixar de me amar algum dia?”, quer saber. “Âbadan! Nunca! Você e Raduan são tudo pra mim, são o ar que eu respiro, a luz dos meus olhos! Eu nunca viveria sem vocês!”, declara-se ele. “Prometa que nada vai nos separar, habíbi”, pede ela. “Nada nem ninguém neste mundo pode ser mais forte que o nosso amor”, afirma ele. Os dois se beijam com paixão, e depois olham o filho, dormindo, emocionados.

 

 

Órfãos da Terra: O conturbardo casamento de Zuleika e Almeidinha



Veja Também