Órfãos da Terra: Jamil pede nova chance e se reconcilia com Laila

Após sequestro da amada, ele conta à jovem sobre a sua história de vida


  • 18 de abril de 2019
Foto: Reprodução Globo


Depois de momentos de tristeza com a separação e pânico ao ver a amada, Laila (Julia Dalavia), sequestrada por Youssef (Allan Souza Lima), enfim Jamil (Renato Góes) terá momentos de paz e amor com a jovem.

Tudo acontecerá quando ele a ajuda a fugir do cativeiro e lhe pede uma chance.

Essa sequência irá ao ar a partir do dia 23 de abril.

LAILA: “DESCULPE, MAS NÃO ENTENDO. COMO ALGUÉM, COM UM MÍNIMO DE DIGNIDADE, PODE TRABALHAR PARA AZIZ?

Assim que ajuda Laila a fugir do cativeiro, a jovem ainda está hesitante sobre acreditar ou não em Jamil. Tanto que ela foge dele. Mas ao correr na mata, quase se depara com Youssef. Nisso, Jamil a salva novamente, a puxando para trás de uma árvore. “Obrigada. Mas eu preciso ir”, diz ela. “Acredita mesmo que vou te levar para Aziz? Eu te amo, Laila! Você está esperando um filho meu! Como eu entregaria vocês pra ele? Vocês são a minha vida! Por favor, confie em mim, meu amor. Vem comigo”, pede ele.

Jamil implora para conversar a sós com a amada. “Eu só te peço uma chance, Laila. Uma chance pra me explicar!”, fala. Ela assente e só pede para ligar para os pais e dizer que está bem. Logo o rapaz a leva para uma casinha rústica de praia, do amigo Ali (Mouhamed Harfouch). Lá eles iniciam uma conversa longa e emocionada. Pela primeira vez, Jamil se abre com a jovem sobre a sua história de vida.

 

 

Ele começa contando que trabalha há muito tempo para Aziz (Herson Capri). “Desculpe, mas não entendo. Como alguém, com um mínimo de dignidade, pode trabalhar para Aziz Abdallah? Não, acho que não quero ouvir sua história”, diz ela. Jamil tenta pegar o braço de Laila, mas ela se desvencilha. “Laila, por favor, me escute! Eu não tive escolha! Min chên Allah...”, afirma ele. “Não teve escolha? Por acaso você era uma criança diante de Aziz?”, quer saber ela.

E aí ela se choca ao ouvir toda a história dele, dizendo que foi criado com o primo Hussein (Bruno Cabrerizo) num orfanato. E enquanto várias crianças eram adotados, ninguém escolhia eles. “Quando já tínhamos perdido as esperanças, apareceu um sheik poderoso e rico que nos tirou de lá: Aziz Abdallah. Aziz foi o único paique eu e Hussein conhecemos. Foi com ele que aprendemos tudo. Por isso sempre tive uma dívida de gratidão para ele, entende?”, conta, diante de uma Laila comovida.

Órfãos da Terra: Bruno confessa à Valéria que não a ama mais

Órfãos da Terra: Desespero de Jamil ao ver Laila sequestrada

JAMIL PROMETE À LAILA: “VAMOS SER FELIZES, NÓS DOIS E ÍBINNA, NOSSO FILHO. NINGUÉM VAI NOS IMPEDIR DE VIVER O NOSSO AMOR. NEM AZIZ, NEM NINGUÉM”

Jamil conta ainda que, com o tempo, foi percebendo que ele tinha feito tudo aquilo para que eles virassem seus capangas. “Ele nos comprou, assim como comprou você, Laila!.. Só depois de ter encontrado você e ter descoberto o que é o amor eu percebi como era terrível a realidade em que eu vivia...”, constata ele, que logo diz que ele e o primo ficaram com dívidas eternas com o sheik, assim, tinham que fazer tudo o que ele mandava.

Laila se assusta e quer saber se ele já matou alguém. Mas logo Jamil diz que isso não, que ele nunca sujou as mãos de sangue com ninguém. “Não sabe como me sinto aliviada, Jamil... Mas será que você me contou tudo, Jamil? Pense bem, não deixe nada para trás”, pede ela. Nisso, o rapaz conta que Aziz o obrigou a se comprometer com sua filha, Dalila (Alice Wegmann). Só que logo ressalta que mal a conhece e nunca a viu sem véu.

Em meio a cobranças por confiança e muitas lágrimas, Jamil implora pelo perdão da amada. “Laila, pelo amor de Alá, me perdoe! Eu sei que errei, que não devia ter escondido a verdade. Mas será que vou ter que pagar por esse erro pelo resto da minha vida? Será que, por isso, vou ter que viver longe da mulher que eu amo e do meu filho que vai nascer? Será que o meu erro merece um castigo assim tão grande?”, diz ele.

Jamil se cala, arrasado. Laila o olha por um tempo, com os olhos também cheios de lágrimas. "La’! Não, Jamil... Não... Você não vai pagar pra sempre por um erro do qual se arrependeu. Não seria justo. Talvez um dia eu também precise do seu perdão. Vamos deixar o que passou pra trás”, fala ela. Jamil fica ali, radiante, abraça e enche de beijos a amada. Os dois se enroscam no sofá e começam a fazer amor. “Quanta falta eu senti de você...”, diz ela. “Vamos ser felizes, nós dois e íbinna, nosso filho. Ninguém vai nos impedir de viver o nosso amor, Laila. Nem Aziz, nem ninguém”, garante Jamil.

 

 

Órfãos da Terra: Ali se declara para Sara

Órfãos da Terra: O beijo “proibido” e apaixonado de Soraia e Hussein



Veja Também