Órfãos da Terra: Faruq se declara para Letícia

Ele toma coragem e dá beijo apaixonado na médica


  • 10 de maio de 2019
Foto: Reprodução Globo


O sírio Faruq (Eduardo Mossri) ainda vive conflitos de sua história de dor no passado, quando perdeu toda a família na guerra. E também sofre por não conseguir exercer a medicina no Brasil.

Mas ele toma uma atitude que pode lhe trazer muita alegria. 

Essa sequência está prevista para ser exibida no dia 15 de maio. 

PADRE ZORAN DIZ PARA FARUQ DEIXAR O ORGULHO DE LADO E PROCURAR LETÍCIA, QUE GOSTA DELE DE UM “JEITO ESPECIAL”

No salão do Centro de Refugiados, Faruq conversa com o Padre Zoran (Ângelo Coimbra) e diz ter poucas esperanças de passar no exame Revalida. “É muito difícil! Desde que pisei no Brasil, só encontro portas fechadas”, diz. Mas o Padre o incentiva. “Tenha coragem! E fé! Você vai passar. E não seja injusto! Aqui mesmo você recebeu muita coisa”, lembra o pároco.

Faruq se desculpa. “Devo muito ao senhor, padre”, fala. “E ao Rogério, à doutora Letícia. Principalmente a ela, que gosta de você de um jeito especial. Você deve ter percebido...”, diz Zoran. “Também gosto dela. Mas não tenho nada para oferecer a uma mulher. Lá shây! Mal consigo me sustentar. Se não morasse aqui, eu...”, fala. “Estaria morando com a Letícia. Numa casa. Com carinho, com amor, lutando ao lado dela, pra construir uma nova vida”, completa o padre.

 

 

Mas Faruk o rebate. “Sustentado por uma mulher? Dependendo dela, até para ter comida no prato? La’! Eu tenho minha honra, padre Zoran”, diz. “Honra ou orgulho, Faruq?”, pergunta. “Vocês, aqui no Brasil, pensam de um modo muito diferente. Tenho outros valores. Do mundo onde nasci e cresci”, lembra o médico.

Órfãos da Terra: O conturbardo casamento de Zuleika e Almeidinha

FARUQ SE DECLARA: “LETÍCIA, O QUE EU SINTO POR VOCÊ É MAIS DO QUE AMIZADE. QUERO DAR UMA CHANCE PARA NÓS”

Mas Padre Zoran o lembra que hoje ele mora em outro país, com costumes diferentes. “Você está do outro lado do mundo agora. É amado por uma mulher que não se importa com quem pague as contas. Contanto que os dois lutem, lado a lado! Cuidem um do outro!”, diz o religioso. “Eu não conseguiria viver assim, padre!”, admite o médico.

Nesse momento, o Padre o encoraja ainda mais. “Você não sabe se vai conseguir se não tentar. Dê uma chance pra você e pra ela. Você está perdendo tempo, meu amigo. Já perdeu tanta coisa, por causa da guerra. Mas a vida colocou no seu caminho uma mulher que te ama. Vai perdê-la também, em nome de quê? Que orgulho é esse que te impede de ser feliz?”, fala Zoran, que sai do salão. E Faruk fica ali, confuso.

Momentos depois, ele já está na porta da casa de Letícia (Paula Burlamaqui). A médica logo abre a porta, preocupada. “Faruq? Algum problema na clínica? Ou lá no centro de refugiados?”, quer saber. “La’, Letícia! Está tudo bem. Desculpe aparecer a essa hora, sem avisar. Mas eu precisava agradecer tudo que você tem feito por mim. Shúkran! Eu tenho sido muito orgulhoso...”, diz.

Letícia fala que ele não precisa agradecer nada. “Tudo que eu tenho feito é porque eu gosto muito de você... (ela se contém, sem jeito) Como amiga, claro”, fala. “Letícia, o que eu sinto por você é mais do que amizade. Quero dar uma chance para nós”, afirma. Nisso, Faruk a beija, meio desajeitado. No início, ela se surpreende, depois retribui. E a cena termina nos dois, naquele beijo apaixonado.  

 

 

Órfãos da Terra: Sara se desespera quando Ali lhe apresenta Latifa



Veja Também