O Tempo Não Para: Samuca, o “herói” da amada, Marocas

Ele vira o “cavaleiro da távola redonda” de sua esposa após dar soco na cara de Lúcio


  • 10 de janeiro de 2019
Foto: Reprodução Globo


Finalmente, o vilão Lúcio (João Baldasserini) começa a pagar pelos seus feitos.

E é Samuca (Nicolas Prattes) que vira herói de todos, inclusive, claro, de sua amada, Marocas (Juliana Paiva).

Essa sequência está prevista para ser exibida na noite desta quinta-feira, dia 10 de janeiro.

O Tempo Não Para: Encanto de Samuca com “avental” de Marocas

O Tempo Não Para: Marocas desperta ao “som da felicidade”

SAMUCA DÁ UM SOCO NO QUEIXO DE LÚCIO NA FRENTE DOS FUNCIONÁRIOS DA SAMVITA: “SEU CANALHA”

Interventora da Samvita, Mariacarla (Regiane Alves) perde um pouco a pose após Vanda (Lucy Ramos) mostrar-lhe a notificação judicial que recoloca Dom Sabino (Edson Celulari) na vice-presidência na Samvita. Ao lado da amada, Carmen (Christiane Torloni), e da ex, Agustina (Rosi Campos), que o apoiam, ele começa a falar para os funcionários.

“Vejo em cada um de vocês um combatente, com o vigor para a batalha. Acreditem: a coragem de vocês será capaz de vencer a guerra!”, diz ele. Enquanto fala deixando Mariacarla fula da vida, Lúcio entra com Betina (Cleo). E logo encara Samuca e Marocas. “Nada nem ninguém ficará escondido atrás de mentiras! Vejam quem acaba de chegar, Sr. Lúcio Inglês de Souza, eu o acuso... O senhor é o mentor dessa conspiração desonesta e maquiavélica contra todos nós!”, diz Sabino.

Lúcio desconversa, diz que tudo não passa de um engano. “Eu admiro o Samuca. E só quero o bem da Samvita. Tanto que sou um investidor dessa empresa”, despista ele. Logo Sabino diz saber que ele foi o responsável por trocar a munição de sua pistola por uma de festim no duelo com Livaldo (Nelson Freitas). “Eu não sei do que o senhor está falando”, diz o vilão.

“Você não engana mais ninguém, Lúcio... Seu canalha!”, fala Samuca, sendo aplaudido pelos funcionários. Sabino pede para ele parar de encenar. Sem saída, o malvado começa a ofender Samuca. “Caros funcionários da Samvita! Preciso dizer a todos a verdade. Foi a fraqueza do Samuca que botou a Samvita nessa situação em que está hoje!”, acusa ele.

MAROCAS AO SEU “HERÓI” SAMUCA: “COMO VOCÊ FOI FORTE E VIRIL... UM CAVALEIRO DA TÁVOLA REDONDA...”

A ponto de explodir, Samuca fala para Dom Sabino. “Pode ser sem tanta graça e elegância...”, fala o jovem. Sabino suspira e concorda, e o filho de Carmen vai até Lúcio. “Repete o que você falou...”, pede. Lúcio é irônico. “Por favor... Além de molenga e chorão, é um...”, tenta dizer o vilão, que logo recebe um soco de Samuca direto em seu queixo.

Betina acode Lúcio. “Samuca... Pra que isso?”, diz ela. “Chega de tanta falsidade, Betina!”, fala o empresário. “Você está bem, meu amor?”, logo pergunta Marocas. “Melhor impossível...”, fala Samuca, diante dos olhares espantados dos funcionários. E logo ele ganha um beijo de Marocas.

Já no quarto da mansão Sabino e Machado, Marocas paparica seu amor. “Meu heroi!”, diz ela. “Eu acho que foi pouco...”, fala Samuca. “Como você foi forte e viril... Um cavaleiro da távola redonda...”, elogia a estilista. “Não consegui me conter...”, conta Samuca. “Nem devia...”, diz a jovem.

“Não aguentava mais olhar para aquela cara do Lúcio... E ainda ter que ouvir aqueles insultos”, diz o empresário. “Seu punho não está doendo?”, fala Marocas, preocupada. “Um pouco...”, diz ele, que logo ganha beijinhos da amada na mão. “Vou curar isso agora mesmo...”, promete ela. “Assim eu melhoro rápido...”, fala um divertido Samuca.



Veja Também