O Tempo Não Para: Samuca lembra encontro no bloco de gelo

Após susto com veneno, jovem declara-se e diz que ela o faz ser melhor a cada dia


  • 08 de dezembro de 2018
Foto: Reprodução Globo


Assim que fica sabendo que Marocas (Juliana Paiva) foi até a cadeia falar com Agnese (Beatriz Campos), Samuca (Nicolas Prattes) repreede a amada.

Durante o papo em que demonstra preocupação com o seu amor, o empresário faz mais uma linda declaração à estilista. Essa sequência está prevista para ser exibida nesta segunda-feira, dia 10 de dezembro.

O Tempo Não Para: Marocas desolada com envenenamento

O Tempo Não Para: “Príncipe” Samuca surpreende Marocas

SAMUCA À MAROCAS: “A MELHOR COISA QUE FIZ NA VIDA FOI TE ENCONTRAR NAQUELE BLOCO DE GELO. VOCÊ ME FAZ UMA PESSOA MELHOR A CADA DIA”

Marocas conversa a sós com Samuca na sala da mansão Sabino Machado. “Eu precisava olhar nos olhos de Agnese. Ela esteve nesta casa por algum tempo. Circulava livremente pela família. Conviveu de perto com as minhas irmãs...”, fala Marocas. “Agora a gente sabe o risco que elas correram”, lembra Samuca.

“Não creio nisso... Agnese não fez o que fez por pura maldade...”, deduz a estilista. “Marocas, ela é perigosa... Tentou te envenenar e mesmo assim você consegue perdoar?”, surpreende-se o empresário. “Samuca... Recuso-me a viver contaminada pelo ressentimento, ou dominada pelo medo”, afirma ela.

Mais uma vez, Samuca surpreende-se com a amada. “Eu fico admirado com a sua força...”, diz ele. “Acho que é mais uma capacidade de resistir... (ela sorri) Alguém me disse que sou como uma porcelana chinesa. Mesmo frágeis na aparência, atravessam os séculos sem se quebrar”, fala ela.

Samuca fica olhando ali, encantado para a estilista. Marocas sorri, leve, simples. “O que houve?”, quer saber ela. Logo, o empresário faz um carinho nela. “A melhor coisa que eu fiz na vida foi te encontrar no mar, naquele bloco de gelo. Você me faz uma pessoa melhor a cada dia. Você faz do mundo um lugar melhor”, declara-se ele.

MAROCAS A SAMUCA: “O PIOR JÁ PASSOU... EU ESTOU AQUI DO SEU LADO, E NÃO PRETENDO ME AFASTAR NUNCA MAIS”.

Com um jeito doce, Marocas brinca. “Se é assim, por que não se casa comigo?”, diz. “Você aceitaria?”, devolve a brincadeira Samuca. “Deixe-me pensar... Sim!”. E os pombinos se beijam, ternos. Logo, eles recebem um investigador e dois homens da equipe de peritos.

O casal explica tudo o que aconteceu, e Samuca argumenta forte com os homens. “O veneno apareceu no exame de sangue da Marocas. Quer prova maior do que essa? Ninguém toma veneno por vontade própria...”, diz ele. “Ainda assim, é preciso provar”, fala o investigador.

E Samuca ali, angustiado. “O senhor não está entendendo. Se ela tivesse ingerido um pouquinho só a mais daquela droga, agora a gente nem... (ele corta-se, comovido) A Marocas tá viva por um milagre...”, afirma o empresário. “Meu amor, está tudo bem”, diz Marocas, confortando o amado.“Não tá nada bem...”, insiste o empresário.

“O pior já passou... Eu estou aqui do seu lado, e não pretendo me afastar nunca mais...”, fala ela. “Se essa pessoa não for encontrada logo, você vai continuar correndo risco, e isso eu não vou deixar acontecer... (ele diz ao investigador, firme) Doutor, eu não vou sossegar enquanto não achar quem mandou matar a Marocas”, avisa.



Veja Também