O Tempo Não Para: Sabino comove Carmen com atitude nobre

Empresária descobre que ele não é pai biológico de Cecílio


  • 20 de novembro de 2018
Foto: Reprodução Globo


Mais uma vez, Dom Sabino (Edson Celulari) surpreenderá com uma atitude digna dos mais nobres homens. Depois de ser renegado por Cecílio (Maicon Rodrigues), que descobriu ser seu filho, Sabino tem uma conversa franca com o jovem.

Em capítulo que deve ser exibido a partir desta sexta-feira, dia 24, Sabino conta para Cecílio a história sofrida da mãe dele, que logo após o parto teve que voltar para a fazenda do seu feitor. Mas ela conseguiu que Sabino ficasse com seu bebê, que depois se chamaria Cecílio.

O Tempo Não Para: O “grande coração” de Marocas e Samuca

O Tempo Não Para: Elmo faz convite romântico à Miss Celine

CARMEN INTIMA SABINO SOBRE TESTE DE DNA DE CECÍLIO

Mas uma parte bem importante desta história é mentira de Sabino. E quem descobre tudo é Carmen (Christiane Torloni). Assim que Elza (Nathalia Serra) deixa em sua mesa uma pasta com documentos do escritório do falecido advogado Emílio (João Baldasserini), alguns papéis caem. Um deles é de um laboratório.

Assim que Elza sai da sala, a empresária olha a folha e está escrito: “Cecílio Sabino Machado”. “É o exame de DNA do Cecílio”, surpreende-se ela. Já à noite, em seu apartamento, ela está sentada, sem parar de olhar para a folha com o exame de DNA, intrigada. Logo a porta se abre, e entram Sabino e Eliseu (Milton Gonçalves), felizes da vida.

“Dom Sabino... Fico feliz que tudo tenha terminado bem com o Cecílio”, diz Eliseu. “Graças a você, meu amigo. Além do quê, já estava mais do que na hora de colocarmos tudo às claras”, fala Sabino. Carmen se aproxima dos dois. “Carmen... Fiz questão de convidar o nosso Eliseu para cear conosco. Ele quase nunca sai de casa”, fala Dom Sabino.

“Ótimo. Vou pedir uma pizza, que tal?”, diz ela. “Eu adoro pizza”, fala Eliseu. “Então quer dizer que você se acertou com o Cecílio”, diz Carmen a Sabino. “Sim. Tivemos uma bela conversa”, conta ele. Nisso, Carmen entrega a Dom Sabino a folha do exame de DNA: “Desde quando você sabia disso?”, indaga ela. Ele pega a folha e lê. “O teste de paternidade. O que esse documento está fazendo aqui?”, pergunta ele.

CARMEN A SABINO: “SÓ VOCÊ MESMO PARA INVENTAR UMA HISTÓRIA COMPLICADA COMO ESSA, SÓ PARA NÃO MAGOAR O MOÇO”

Seu Eliseu não entende o que acontece ali. “Algum problema?”, pergunta ele. “Você fala ou eu falo, Sabino?”, diz Carmen. “Há uma razão para isso, Carmen”, afirma Sabino. “Seu Eliseu... O Sabino não é o pai biológico do Cecílio”, conta ela. “Não? Mas por que falou como pai com ele hoje? O senhor inventou aquela história toda?”, surpreende-se o bondoso senhor.

“Nem tudo é invenção, Eliseu. Mas eu não podia machucar ainda mais o rapaz, dizendo que a mãe era torturada por um monstro, abusada como tantas escravas daquela época”, ressalta Sabino. Carmen e Eliseu olham cada vez mais intrigados para ele. “Cecílio já sofreu tanto... E agora ele me tem como pai, é só o que importa. Essa história acaba aqui.Toda criança precisa de um pai. E ele passou a ser meu filho”, afirma, decidido. Carmen logo faz um carinho no amado, emocionada. “Essa história vai ficar só entre nós”, pede Sabino.

“A moça, a mãe do Cecílio, não foi sua escrava doméstica?”, tenta entender Eliseu. “Não. Mas eu não podia dizer isso a ele. Idalina, esse era o nome dela, já chegou grávida à minha casa, fugindo de um destino cruel. Eu tentei manter mãe e filho juntos, mas o dono foi irredutível, não queria se desfazer dela. Eu então comprei, e adotei o menino. Ela implorou que eu fizesse isso, o homem era perverso! A pobre coitada morreu no tronco. Cecílio teria tido o mesmo destino”, constata Sabino, triste.

“O senhor podia ter falado a verdade, mas preferiu passar por um mau pai esse tempo todo”, diz Eliseu. “Aquele rapaz já sofreu demais, Eliseu. Deixe que ele pense que a mãe teve uma morte digna, uma vida plena”, fala Sanino. “Só você mesmo pra inventar uma história complicada como essa, só pra não magoar o moço”, diz Carmen.

“Agustina crê nessa história, Marocas e as gêmeas têm Cecílio como um irmão de sangue. E assim será mantido. Afinal, somos todos irmãos diante de Deus”, atesta o nobre. “Eu tenho muito orgulho de você, meu amigo”, fala Eliseu. Ele e Carmen ficam ali ao lado de Sabino, comovidos com essa linda história de amor e cuidado.



Veja Também