O Tempo Não Para: Sabino admite saber que Carmen não está grávida

Em comovente conversa, ele diz que a amada lhe abriu os olhos sobre “filho” de Agustina


  • 30 de dezembro de 2018
Foto: Reprodução Globo


Pouco antes da virada para o próximo ano, Dom Sabino (Edson Celulari) e Carmen (Christiane Torloni) terão uma conversa emocionante sobre a “gravidez” dela e de dona Agustina (Rosi Campos).

Essa sequência está prevista para ser exibida na próxima segunda-feira, dia 31 de dezembro.

O Tempo Não Para: Romance quente de Samuca e Marocas

O Tempo Não Para: Nico e Kiki surpreendem Samuca e Marocas

SABINO: “CARMEN... VOCÊ JÁ PODE PARAR DE FINGIR SUA GESTAÇÃO...”

No apartamento de Carmen, Dom Sabino está inquieto, à espera de sua amada, que se arruma para a festa de Réveillon. “Carmen... Já são horas!”, diz ele. Nisso, a empresária surge, do quarto, linda e deslumbrante com look branco. “Que tal estou, meu amor?”, pergunta ela.

Sabino a observa encantado, de cima a baixo. “Você está belíssima... Será a dama mais formosa da noite...”, diz. Mas para ele, só tem um porém... “Mas esse decote...”, fala enciumado. “Você também tá um gato...”, fala Carmen, desconsiderando o comentário dele.

“E você, a mais bela dama. Você ensina as luzes a brilhar...”, elogia ele. Os dois se beijam. “Vai ser um réveillon lindo no Largo da Matriz...”, fala a empresária. “Carmen... Antes de sairmos, preciso lhe falar...” pede Sabino, com semblante agora sério.

Carmen logo surpreende-se. “Sobre o quê?”, pergunta ela. “Sobre a gravidez de Agustina...”, fala ele. Terno, ele senta-se diante da amada, e diz na lata: “Carmen... Você já pode parar de fingir sua gestação...”.

SABINO A CARMEN: “ENTENDO QUE VOCÊ FEZ O MESMO QUE AGUSTINA PARA ABRIR MEUS OLHOS...E CONSEGUIU”

Nesse momento, a mãe de Samuca (Nicolas Prattes) fica toda atrapalhada com os rumos da conversa. “Como assim? Do que cê tá falando?”, indaga ela. “Também já sei que Agustina inventou a gravidez dela... Não foi de pronto que percebi, mas logo os indícios de que era impossível essa gestação acabaram sobressaindo. Sem contar a impossibilidade biológica”, explica ele.

Carmen agora abre o coração. “Então você, finalmente, se deu conta...”, diz ela. “Sim... Entendo a angústia de Agustina... por isso não fiz nada ainda... Mas talvez agora ela tenha ido longe demais, com aquela barriga falsa”, comenta ele, sobre a enorme “barriga” mostrada por Agustina em jantar recente com a família.

Surpresa, Carmen abraça Dom Sabino. “Que homem mais nobre eu tenho...”, ressalta ela. “Entendo que você fez o mesmo que Agustina para abrir meus olhos... e conseguiu!”, conta ele. “Eu nunca quis enganar você...”, fala Carmen. “Agora tudo deve ser desfeito...”, diz Sabino.

“Vou falar com a Agustina...”, promete Carmen. “Sem magoá-la, por obséquio...”, pede ele. “Prometo que vou me esforçar...”, diz a empresária. “Tendo dito tudo isso, agora vamos aos festejos no Largo da Matriz”, diz Sabino. “Será um lindo réveillon!”, vibra Carmen. ““Réveillon”? Quando não é anglicismo é galicismo! Pois para mim esta sempre foi e sempre será a “noite de ano-bom”!”, corrige ele.

“Como você quiser, meu amor...”, diz Carmen, antes de dar um beijaço no seu amor.



Veja Também