O Tempo Não Para: Carmen perplexa ao saber que será avó

Empresária quer "matar" Samuca após Coronela revelar novidade


  • 26 de outubro de 2018
Foto: Reprodução Globo


Mesmo praticamente em lua de mel com Marocas (Juliana Paiva), Samuca (Nicolas Prattes) nem desconfia da bronca que levará da mãe, Carmen (Christiane Torloni).

É que a empresária saberá que será avó através da malvada Coronela (Solange Couto).

O Tempo Não Para: Samuca realiza sonho com Marocas

O Tempo Não Para: Samuca vê Marocas de noiva e se comove

CARMEN PERPLEXA DIANTE DE CORONELA: “MEU FILHO VAI SER PAI?”

A situação está delicada na Samvita por conta das falsas acusações contra Dom Sabino (Edson Celulari), que recém assumiu o cargo de vice-presidente da empresa. Nervosa, Carmen nem imagina o que lhe aguarda.

Sozinha, em sua sala, ela se vê diante de Coronela, que logo solta a bomba de que ela será avó. A empresária fica em choque, pesarosa. “Foi por isso que eu vim aqui. Na qualidade de mãe”, fala a dona da pensão. “Meu filho vai ser pai?”, indaga Carmen, perplexa.

“E eu vou ser avó. Que nem a senhora”, explica a encrenqueira, mãe de Waleska (Carol Castro). “E o Samuca não me disse nada”, diz Carmen, ainda mais brava. “Mãe é sempre a última a saber. Esses filho, dona Carmen. Carmen, a gente já pode se chamar de você, porque já somo praticamente parente. As duas avó do mesmo neto”, fala Coronela.

Mas Carmen já tenta se livrar da “171”. “Coronela. A senhora, você já disse o que queria, e eu agradeço. Agora eu preciso ir, tenho uma reunião”, diz. “E quando é que eu vou receber os rendimento? Quer dizer, os rendimento do meu neto. O pro-labore, a sociedade, a partilha, a pensão”, enumera ela.

“Depois, depois a gente vê isso”, fala a empresária, já empurrando a senhora para fora de sua sala. E já neste capítulo, com previsão de ser exibido na semana dia 5 de novembro, o público já saberá que o filho de Waleska não é de Samuca, mas de Mateus (Raphael Vianna). E que foi Coronela que conseguiu adulterar o exame de DNA.

CARMEN BELISCA SAMUCA: “QUER DIZER QUE EU VOU SER AVÓ, SEU IRRESPONSÁVEL?”

E quando Carmen consegue se livrar de Coronela, ela fecha a porta atrás de si. “Avó, eu? O Samuca, um filho, meu neto? Eu mato o Samuel!”, esbraveja.

Na reunião do Conselho, onde estão Sabino, Carmen e Samuca, todos servem-se de cafezinho. É nesse instante que Carmen puxa Samuca de lado.

Discreta, ela fala baixo no ouvido do filho. “Quer dizer que eu vou ser avó, seu irresponsável? E nem passou pela sua cabeça me contar...”, diz, possessa. “Mãe... Eu ia falar na hora certa”, afirma ele.

Carmen o belisca no braço com vontade. “Ai! Pô, mãe!”, diz ele, contido. “Não passou pela sua cabeça se proteger?”, quer saber ela. “Não é a hora pra isso”, tenta finalizar o assunto Samuca.

E a questão que não quer calar. “E você tem certeza de que esse filho é seu?”, pergunta Carmen. E Samuca fica ali, naquela indecisão de não saber ao certo...



Veja Também