O Sétimo Guardião: Sóstenes confronta filho, Murilo, por sumiço

Ex-gato León, ele diz que, de certa forma, estava “morto” nos últimos 20 anos


  • 31 de janeiro de 2019
Foto: Reprodução Globo


Aos poucos, o passado de Luz (Marina Ruy Barbosa) começa a ser desvendado quando Sóstenes (Marcos Caruso) é levado ao hospital após um desmaio.

Ele não aguentou o choque ao ver diante de si o filho, Murilo (Eduardo Moscovis), desaparecido há 20 anos. Por causa de um feitiço, ele viveu todo esse período como o gato León.

Essa sequência começa a ser exibida no dia 7 de fevereiro.

O Sétimo Guardião: Nicolau agride Afrodite e ela decide se separar

O Sétimo Guardião: Júnior dá beijo apaixonado em Luz

MURILO CONTA QUE, DE CERTA FORMA, ESTAVA “MORTO” NESTES 20 ANOS

Enquanto Sóstenes está sendo atendido, Luz implica com Murilo. Afinal, foi ao vê-lo que o seu avô teve um mal súbito. Mesmo sendo confrontado, Murilo desconversa. A mocinha fica ainda mais indignada ao ouvir do doutor Aranha (Paulo Rocha) que, ao despertar, Sóstenes pediu para falar com Murilo. “Peraí! Meu avô sabe que estou aqui, na maior aflição, e quer falar primeiro com esse cara?”, indigna-se ela.

“Sinto muito, Luz. Ele disse que não vai dar nenhuma explicação sobre o desmaio antes de falar com este senhor”, avisa o médico. “Antes de ir, porque não me diz quem é de uma vez por todas, hem? Se meu avô quer falar com você primeiro, então é porque se conhecem. Seu Feliciano também disse que sabe quem você é”, fala ela. “Seu avô está me esperando, Luz”, limita-se a dizer Murilo. Assim que Sóstenes vê Murilo entrar no quarto, pede a Aranha para ficar a sós com ele.

E é nesse momento que o avó de Luz começa a confrontá-lo. “Esses anos todos achei que você estava morto”, fala o senhor. “De, certa forma, eu estava, sim”, diz Murilo. “Veio me procurar porquê, então?”, quer saber Sóstenes. “Por que finalmente pude fazer isso”, fala ele. “E por que não podia antes?”, insiste o senhor. “É uma história longa e complicada...”, fala Murilo.

“Estou numa cama de hospital, tenho todo o tempo do mundo. Pode começar a contar”, pede o avô de Luz, muito agitado diante do homem. “Você some durante mais de vinte anos. Aparece dizendo que vai me contar uma longa história...”, vai falando Sóstenes. “Foi o que acabei de fazer!”, o corta Murilo. “Não! Só disse que alguém te amaldiçoou e por isso nunca mais pôde aparecer na minha frente!”, diz Sóstenes.

SÓSTENES A MURILO: “EU TENHO O DIREITO DE SABER O QUE LHE ACONTECEU! FIQUEI DE LUTO ESSES ANOS TODOS...”

Sem poder entrar em detalhes, Murilo continua falando. “Minha explicação não foi assim tão simples”, diz. “Claro que foi! Tudo que conseguiu foi me dar a impressão de que não quer me dizer onde andou, nem o que fez nesses vinte anos. Se acha que vou me conformar com isso está muito enganado! Eu quero saber porque sumiu e porque voltou!”, exige o senhor.

Murilo fica numa situação difícil. “Eu já lhe contei tudo que podia”, fala. “Sabe o que eu acho? Você se meteu com alguma organização criminosa ou andou por aí drogado. E agora que se cansou da farra ou está fugindo de alguma coisa, lembrou que podia vir aqui se esconder ou me pedir ajuda!”, acusa Sóstenes. “E você pode ajudar. É só me aceitar de volta”, pede o ex-gato León.

Sóstenes continua sem entender. “Eu tenho o direito de saber o que lhe aconteceu! Fiquei de luto esses anos todos... Enquanto você zanzava por aí, sem pensar no que eu estava sentindo, esquecido de mim, do seu pai!”, fala ele, emotivo.



Veja Também