O Sétimo Guardião: Pinta clima entre Diana e Walid antes da luta

Treinador garante à carateca que estará junto com ela até nas Olimpíadas


21 de fevereiro de 2019

Foto: Reprodução Globo

Um dos dias mais esperados para Diana (Laryssa Ayres) chegou. Ela vai disputar o título intermunicipal de karatê feminino, em Greenville, desafiando a atual campeã.

Momentos antes da disputa, ela tem o apoio incondicional do seu treinador, Walid (Gabriel Stauffer). E quase rola um clima a mais...

Essa sequência irá ao ar no dia 28 de fevereiro.

O Sétimo Guardião: Aranha implora pelo perdão de Stella

O Sétimo Guardião: Walid dá lição em Rivalda no dia da luta de Diana

DIANA: “NADA VAI ME DESVIAR DO OBJETIVO. QUERO, POSSO, ACREDITO E ESTOU PREPARADA! O MEU CORPO ESTÁ À ESCUTA DA MENTE”

Walid dá as últimas instruções à Diana, que está concentrada. Afrodite (Carolina Dieckmann) também está perto da filha. Lá do ginásio, eles ouvem os gritos da torcida. “Mantenha o foco! Todo o resto a gente treinou incansavelmente, você já conhece e domina. Só não se deixa levar pelos gritos da torcida da sua oponente. É dela o atual título regional!”, aconselha o sensei.

“E também o maior número de torcedores, eu sei”, ressalta Diana. “Para todos você é apenas a desafiadora novata que vai ser facilmente derrotada. Cabe a você, Diana, mostrar que não é assim. Te espero lá!”, avisa Walid, que se distancia um pouco dela. Logo Diana pergunta à mãe. “Alguma notícia do pai?”, fala. “Até agora nada, mas faça o que Walid te pediu: não se deixe levar por nada e foca só na luta!”, pede Afrodite.

Concentrada, Diana repete pra si a sua preparação psicológica. “Nada vai me desviar do objetivo. Quero, posso, acredito e estou preparada! O meu corpo está à escuta da mente. Meus olhos estão atentos. Vou perceber um golpe antes dele ser aplicado, pra reagir com a melhor defesa e e o melhor contra- ataque”, diz.

O Sétimo Guardião: Aranha tenta se matar após separação

O Sétimo Guardião: Stella deixa Aranha e se muda para a pousada

WALID À DIANA: “É CLARO QUE VAI VENCER... ATÉ CHEGAR ÀS OLIMPÍADAS! E EU VOU ESTAR AO TEU LADO”

Diana ainda está com os olhos fechados, quando Walid surge ao seu lado novamente. “Diana, quero que você assista a próxima luta. Observe e extraia de outros atletas o melhor!”, pede. Quando eles saem, já ouvem a voz do locutor em off: “Representando Porto dos Milagres... Bartolome Neto! E, pela cidade de Asa Branca... Terêncio Filho!”, diz, citando cidades fictícias de outras famosas tramas do autor Aguinaldo Silva.

Os dois lutadores evoluem no tatame. Diana e Walid estão na área destinada à atletas, acompanhando tudo. “Esses dois estão habilitados pela confederação pro torneio interestadual. É seu próximo passo depois de vencer hoje”, lembra Walid. “E se eu não vencer?”, fala uma preocupada Diana.

Walid não gosta do que ouve. “Que resvalada é essa na sua preparação mental? Há pouco estava mentalizando só o que devia. É claro que vai vencer. Vai ao torneio nacional, latino-americano, intercontinental, até chegar às olimpíadas! E eu vou estar ao teu lado”, promete ele. Nesse instante, bastante próximos, rola um clima entre eles.

Mas logo Diana volta a si, mostrando ao técnico que está prestando a atenção na luta. “Olha esse yokogeri, Walid, que bem executado!”, diz ela, que consegue manter o foco na disputa, não em seu sensei...