O Sétimo Guardião: Maltoni cada vez mais próximo de Elisa

Luz vira cupido do sacristão e da jovem, filha do beato Jurandir


  • 24 de dezembro de 2018
Foto: Reprodução Globo


Luz (Marina Ruy Barbosa) será uma espécie de cupido entre a amiga Elisa (Giullia Buscacio) e o sacristão Maltoni (Matheus Abreu).

E é durante uma conversa com Elisa, que a amada de Gabriel (Bruno Gagliasso) dá um empurrãozinho no casal. Essa sequência irá ao ar no dia 28 de dezembro.

O Sétimo Guardião: Valentina e Marcos Paulo frente a frente

O Sétimo Guardião: Rita de Cássia exige ser filmada seminua

LUZ SOBRE ELISA E MALTONI: “JÁ PASSOU DA HORA DESSES DOIS SE ENTENDEREM”

Durante conversa com Elisa, Luz faz um gesto com a cabeça apontando Maltoni. “Boa noite. Estou atrapalhando?”, diz o jovem. “Imagina. Você é sempre bem-vindo, Maltoni”, fala Luz. “Achei que Elisa já estava em casa. Saiu apressada com o pai depois da missa...”, comenta ele.

“É, meu pai seguiu e eu fiquei aqui conversando com Luz. Mas já tô de saída. Se demorar, demais, meu pai me obriga a rezar umas cem Ave- Marias”, diz a jovem. “Porque você não leva Elisa em casa, Maltoni?”, sugere Luz. “Claro, vai ser um prazer”, prontifica-se o rapaz.

“Não precisa...”, fala Elisa, envergonhada. “Melhor ir acompanhada do que andar por aí sozinha, ainda mais à noite”, pondera Luz. “Luz tem razão. Vamos?”, diz Maltoni. Elisa sorri e cede ao convite, sob o olhar “maroto” de Luz. “Já passou da hora desses dois se entenderem...”, fala Luz, para si mesma.

MALTONI À ELISA: “DISSE AO MEU PADRINHO, PADRE RAMIRO, QUE NÃO TENHO VOCAÇÃO SACERDOTAL. QUERO CASAR!”

No caminho em direção à casa de Elisa, Maltoni e a jovem conversam. “Sério que teu pai quer te ver num convento?”, pergunta ele. “O sonho dele sempre foi ter uma filha freira”, conta ela. “Mas você quer?”, indaga ele. “Ainda não senti o chamamento... Fazer o quê?”, constata ela.

"Não aceitar! Não tem que fazer as vontades dele, mas o que você quer...”, ressalta Maltoni. “E você, quer ser padre?”, pergunta ela. “Não, não. Disse ao meu padrinho, padre Ramiro, que não tenho vocação sacerdotal. Quero casar”, conta ele. “É o caminho natural de quem não é celibatário. E profissão, já escolheu qual vai seguir?”, pergunta a moça.

“Alguma que tenha a ver com esporte. Sabia que malho puxando aquele sino? Olha só o muque...”, diz ele, que arregaça a manga e mostra o bíceps para Elisa. A jovem disfarça e finge que não ficou perturbada. “Pode pôr a mão. Somos amigos, não fica com vergonha”, diz ele. Mesmo receosa, a jovem toca no braço do sacristão.

Mas nesse instante, passam ali e flagram a cena, as beatas Roseane (Talita Fusco) e Liliane (Simone Zucato), sem que eles percebam. “Dona Mirtes tá certa. O capiroto tá solto nestas cidade! Já está até está tentando levar pras suas hostes a filha que Jurandir quer ver freira...”, comenta Roseane. “Imagina se ele souber que ela anda de lascívia com o sacristão, os dois praticamente se agarrando em plena praça!”, emenda Liliane.



Veja Também