O Sétimo Guardião: Machado flagra Leonardo filmando Cássia

Indignado, por pouco delegado não quebra câmera do rapaz


  • 01 de janeiro de 2019
Foto: Reprodução Globo


Um hora ou outra, o delegado Machado (Milhem Cortaz) iria acabar descobrindo os encontros da mulher, Rita de Cássia (Flávia Alessandra), com Leonardo (Jaffar Bambirra) para a captação de imagem de um filme sensual da moça

A sequência que mostrará o flagra será exibida no dia 7 de janeiro.

O Sétimo Guardião: Luz põe Gabriel para fora do quarto

O Sétimo Guardião: Marilda flagra Eurico e Valentina na cama

MACHADO À CÁSSIA: “QUE OUTRO NOME SE DÁ À MULHER CASADA, QUE SE DEIXA FILMAR NA ÁGUA, POR UM RAPAZ QUE MAL SAIU DOS CUEIROS?”

Escondido no mato, Machado logo fica pasmo ao ver a mulher dentro da água, e Leonardo filmando. “Tenta não jogar a água pra cima, senão perco o foco, dona Rita. Atenção... Tomada 29...”, fala o rapaz. Dominado pelo ciúme, Machado não se contém e vai até eles.

Já diante dos dois, ele dá um escândalo. “Que merda é essa?”, diz. “Foi... sua esposa que insistiu...”, tenta se explica Leonardo, em pânico. “Cala a boca. Com você eu me acerto já, já. (diz ao jovem) Cássia, o que está rolando aqui?”, quer saber ele.

“Você sabe o que está acontecendo. É um filme!”, diz ela. “Só se for de sacanagem! Que outro nome se dá à mulher casada, que se deixa filmar na água, por um rapaz que mal saiu dos cueiros?”, pergunta ele. Furioso, logo ele consegue arrancar a câmera da mão de Leonardo. “Me dá essa droga aqui!”, fala.

“Não, minha câmera, não!”, implora Leonardo. Nesse instante, Machado vai até a margem da cachoeira com o intuito de jogar o equipamento na água. Mas Cássia vai atrás dele. “Nem pense em fazer isso! Foram horas gravando, tem todo um trabalho de arte aí! Eu não vou deixar que você acabe com tudo...”, avisa ela.

CÁSSIA: “SEU PROBLEMA NÃO É COM LEONARDO, É COMIGO! JOUBERT, VOCÊ TEM QUE ENTENDER QUE QUERO FAZER ESSE FILME. VOCÊ TEM O SEU DESEJO, EU TENHO O MEU...”

Machado ergue o braço com a câmera para Cássia não alcançá-la. “O que tem aqui é a violação da minha honra”, fala o delegado. “Que honra? Deixa de ser patético. Isso é um filme... (ela muda de tom) Devolve, Joubert. Me dá isso!”, pede. Nesse instante, Leonardo chega por trás, consegue tomar a câmera e sai correndo por dentro do mato.

O delegado ainda tenta ir atrás do rapaz, mas Cássia o detém. “Desgraçado! Volta aqui, moleque!”, diz. “Seu problema não é com Leonardo, é comigo! Joubert, você tem que entender de uma vez que quero fazer esse filme. Você tem seu desejo, eu tenho o meu!”, fala ela, meiga.

Ele parece arrasado. “Não consigo! Você é minha mulher Fica aí, quase pelada com esse fedelho te filmando... O que ele faz com isso depois?”, pergunta. “O que um diretor faz: edita, põe música...”, tenta explicar ela. “O que eu faço fica entre nós. O que você quer fazer é pro mundo todo...”, corta Machado.

“Você quer que eu faça um filme e só você veja?”, diz ela. “Se for nua, tomando banho de cachoeira... (ele muda o tom) Ele gravou a cena 30 vezes, Cássia, eu ouvi! Você está gostando de se mostrar para ele?”, indaga. “Não é nada disso! Meu sonho é virar artista, ter uma carreira... Eu já te expliquei!”, fala ela. “Como você não se incomoda em repetir tudo 30 vezes, mais tarde vai me explicar de novo essa istória. Agora se vista e vá pra casa!”, pede ele.

Machado sai dali transtornado, com Cássia que logo recolhe suas roupas.



Veja Também