O Sétimo Guardião: Luz põe Gabriel para fora do quarto

Mocinha diz que precisa de tempo para “cicatrizar ferida”


  • 31 de dezembro de 2018
Foto: Reprodução Globo


O romance de Gabriel (Bruno Gagliasso) e Luz (Marina Ruy Barbosa) sofreu o primeiro desgaste assim que a mocinha flagrou o amado com a ex, Laura (Yanna Lavigne).

Assim que chegam em casa, os dois não sabem bem lidar com a situação. Essa sequência está prevista para ir ao ar nesta terça-feira, dia 1º de janeiro.

O Sétimo Guardião: Marilda flagra Eurico e Valentina na cama

O Sétimo Guardião: A primeira crise no romance de Gabriel e Luz

SÓSTENES A GABRIEL: “VAI LÁ, NUNCA É BOM CASAL DORMIR BRIGADO!”

Assim que o casal chega em casa após o desaparecimento de Gabriel, Sóstenes (Marcos Caruso) parece aflito para saber o que aconteceu. “Finalmente! Quase morri de preocupação! Onde você andava afinal, Gabriel?... Me conta tudo, Luz”, pede ele.

Mas Luz não é muito simpática com o avó. “Até parece que o senhor também me conta!”, fala ela. “Seu avô merece uma satisfação”, diz Gabriel. “E ele vai ter! Temos muito a conversar. Não só sobre isso... Mas sobre amigas do passado, outros sumiços suspeitos... Quer falar disso tudo agora?”, diz Luz para Sóstenes.

Sóstenes reage, já fugindo do assunto. “Amanhã! Importante é que o Gabriel reapareceu”, afirma ele. “Imaginei que ia dizer isso. Boa noite!”, fala Luz. “Luz, eu...”, tenta fala Gabriel. “Boa noite pra você também, Gabriel”, corta Luz, que sobe, com cara de poucos amigos.

Logo Sóstenes percebe algo estranho. “Aconteceu algum problema entre vocês?”. “Depois eu explico pro senhor”, fala Gabriel, já subindo. “Vai lá... Nunca é bom casal dormir brigado!”, aconselha Sóstenes.

LUZ: “GABRIEL, ISSO É COMO UMA FERIDA QUE SE ABRIU. TEM QUE DEIXAR CICATRIZAR”

Luz está na porta do quarto, e Gabriel junto a ela. “Luz, sobre o que aconteceu lá na ribanceira...”,  tenta falar ele. “Já não lhe dei boa noite?”, corta Luz. “Você sabe que o assunto não acabou”, diz ele. “Por hoje, acabou sim!”, insiste Luz.

Gabriel tenta falar... “Não deve ter sido nada legal me ver com Laura”, constata Gabriel. E Luz diz na lata: “Minha vontade na hora era te enterrar no mesmo buraco de onde desenterrei!”.“Eu sei... Por isso, precisamos conversar! Sem diálogo, como vamos superar as crises?”, diz ele.

Luz desabafa. “Gabriel, isso é como uma ferida que se abriu. Tem que deixar cicatrizar. Não me faz ficar cutucando agora. Vou botar as ideias no lugar, esfriar a cabeça e amanhã a gente fala”, diz ela. 

Nesse momento, a professora abre a porta, e ele vai entrar também. “Que parte você não entendeu?”, diz Luz já sem paciência. “Não vou falar mais nada... Só deitar e dormir”, fala ele. “Acho que hoje é melhor cada um no seu quarto”, pondera Luz. “Tem certeza?, indaga ele. “Boa noite!”, corta Luz.



Veja Também