O Sétimo Guardião: Luz desmaia ao ver León na figura de Murilo

Sem nem imaginar que ele possa ser seu pai, jovem cisma que há algo errado nele


  • 09 de fevereiro de 2019
Foto: Reprodução Globo


Aos poucos, com seus poderes sensitivos, Luz (Marina Ruy Barbosa) vai sentir algo estranho em relação a Murilo (Eduardo Moscovos), o gato León em forma humana, em O Sétimo Guardião.

E mal imagina ela que ele é, na verdade, seu pai. Aliás, nem ele sabe disso... Mas isso é outra história. O fato é que Luz resolve agradecer Gabriel (Bruno Gagliasso) por ele ter proposto tornar o casarão uma casa de cultura e uma biblioteca. Mas assim que chega na casa...

Essa sequência irá ao ar no dia 14 de fevereiro.

O Sétimo Guardião: Diana furiosa com emprego de Walid à Rivalda

O Sétimo Guardião: Lourdes Maria implora chance a Geandro

LUZ DESMAIA AO VER LEÓN NA FIGURA DE MURILO

Luz entra pelo portão da casa e bate na porta. Murilo é quem abre. A jovem o olha e logo tem a visão de León no lugar dele. E ela desmaia. Aí entram cenas de León com ela no resgate de Gabriel soterrado. “León, León”, grita ela. “Do que você estava falando?”, diz Murilo, já debruçado sobre ela, preocupado. Luz volta a si, agitada. “De León! O gato! Quando você abriu a porta, não era você... Foi ele que eu vi!”, diz.

Murilo desconversa e diz que ela só teve uma vertigem. Nisso, Gabriel chega e se assusta. “O que aconteceu?”, quer saber ele. “Não sei! (ela olha para Murilo) Mas quando ele abriu a porta, não era ele. Foi o León que eu vi!”, conta ela. Gabriel e Murilo trocam um olhar tenso. “Ela passou mal e desmaiou, Gabriel. Foi isso”, minimiza Murilo. Gabriel a leva para dentro da casa, e pede para Judith (Isabela Garcia) trazer um copo de água.

Gabriel cogita que ela pode ter passado por mal por ter ficado tanto tempo no mato procurando Feijão (Cauê Campos). Logo ela conta que Feijão (Cauê Campos) já apareceu e está na casa de Valentina (Lilia Cabral), o que Gabriel estranha. Mas eles mudam de assunto. “Você ainda não me disse o que veio fazer aqui”, pergunta Gabriel. “Eu queria lhe agradecer pela decisão que tomou sobre a nossa biblioteca...”, diz a jovem.

Mas o papo recai agora sobre o paradeiro de León. “Cadê ele? Nunca mais o León apareceu lá em casa. Tem vários dias que sumiu! Aí eu chego aqui, (aponta Murilo) ele abre a porta e, por um instante, em vez dele o que vejo é o gato? É o filho do meu avô! Você nem o conhecia e de repente ele está hospedado no casarão. Por quê, me diz?”, quer saber ela.

O Sétimo Guardião: Stefânia faz surpresa para João Inácio

O Sétimo Guardião: Neide em choque ao reconhecer Murilo

LUZ: “O FATO DE EU TER DESMAIADO QUANDO MURILO ABRIU A PORTA PODE DIZER ALGO... SIGNIFICA QUE A ENERGIA DELE AINDA ESTÁ AQUI. GABRIEL, ONDE ESTÁ LEÓN?”

“Calma, Luz, calma, está muito nervosa, assim vai acabar passando mal de novo”, diz Gabriel. “Não estou nervosa, Gabriel. Só estou querendo achar uma explicação pra todos esses mistérios”, diz ela. Antes de responder, o guardião-mor pede para ela ir ao banheiro passar uma água no rosto e se acalmar. E ele olha tenso para Murilo. “Mas quando Luz chegou, ela viu você ou o gato?”, pergunta Gabriel. “Eu né, Gabriel? Que eu saiba, nunca mais volto a ser bicho. O problema é que ela viu além de mim. Luz tem desses poderes, enxerga coisas que só ela consegue”, ressalta Murilo.

Os dois tentam inventar uma história, mas Luz volta à sala, e insiste sobre León. “Vou saber? Gato é assim, volta e meia some”, diz ele. “O fato de eu ter desmaiado quando Murilo abriu porta quer dizer algo... E já sei o que é! Significa que a energia dele ainda está por aqui. Eu sei! Eu sinto isso! Vai, Gabriel, me diz... Onde está León?”, pede. Gabriel chama até Judith para falar do assunto, e a doméstica confirma o sumiço do gato.

Depois de um tempo, Luz é convencida de que ele desapareceu mesmo. “Agora, eu é que tenho perguntas pra te fazer”, diz Murilo. “Sobre León?”, pergunta ela. “Sobre meu pai! Ele falou alguma coisa sobre mim?”, questiona ele, ansioso, sobre Sóstenes (Marcos Caruso). “Tentei puxar o assunto, mas ele se negou”, conta ela. “Você, que na prática é mais filha dele do que eu, acha que seu Sóstenes vai me perdoar algum dia?”, quer saber ele.

“A cidade toda respeita o meu avô por ser uma pessoa boa e justa. Deixa ele se acalmar e pensar melhor sobre o assunto. E eu garanto que vai tomar a decisão certa”, diz ela. Ela se despede, e Gabriel a acompanha até a porta. “Dentro em breve, você virá aqui todo dia”, lembra ele sobre a biblioteca. “Pra trabalhar! E virei com o Júnior, que está comigo nesse projeto da biblioteca faz tempo”, fala ela.

“A coisa deve estar fluindo bem. Notei que vocês estão bastante íntimos, sempre juntos...”, diz Gabriel. “Resolvemos nossas diferenças e estamos bem amigos, sim”, conta ela. “Não seria mais do que isso?”, insiste Gabriel. “Aí, já não é da sua conta, Gabriel”, fala ela, antes de deixar a casa.



Veja Também