O Sétimo Guardião: León enfim vira humano e se chama Murilo

Após Gabriel assumir como guardião-mor, ele deixa de ser gato e emociona Judith


  • 28 de janeiro de 2019
Foto: Globo/Estevam Avellar


Gabriel (Bruno Gagliasso) passou no teste da Irmandade para ser o guardião-mor. Ao entrar nu na fonte, a água mudou de cor, assim, ele é firmado no posto diante de todos os outros guardiães.

Com isso, também pelas leis da Irmandade, o gato León volta a viver como humano.

Essa sequência será exibida no dia 5 de fevereiro.

O Sétimo Guardião: Elisa flagra Jurandir e Milu no maior amasso

Resumos de Novelas - O Sétimo Guardião - De 28/01 a 02/02

AINDA COMO GATO, LEÓN É ATINGIDO POR TIRO DE VALENTINA, MAS “RENASCE” NA FONTE E VOLTA COMO O HUMANO MURILO

Durante a cerimônia no casarão, o gato León está na rua e se depara com o carro da vilã Valentina (Lilia Cabral). Assim que o vê, ela despacha o motorista e passa a segui-lo. Num certo momento, pega a arma, sai do carro e atira em León. O gato consegue fugir para dentro do cemitério, ela o segue e atira mais e mais em direção a ele.

Com o barulho, várias pessoas se aproximam da vilã, mas nesse momento, León desaparece. Ela até pensa que ele está morto. Mas o gato consegue chegar até o casarão, e desmaia. Momentos depois, ele consegue entrar com dificuldade na fonte e fica lá boiando, até que já inerte, vai afundando. Momentos depois, León emerge dela e já é o Encapuzado. Seu nome agora é Murilo (Eduardo Moscovis).

Ele respira com desespero por conta da quase asfixia e sai da fonte. Ao recuperar o fôlego, já arregaça a manga de sua roupa molhada, conferindo no braço o ferimento da bala e logo percebe que a lesão está cicatrizada. Nesse mesmo instante, dentro do casarão, Judith (Isabela Garcia) conversa com Gabriel e mostra-se preocupada com León. “Só vou conseguir ir embora quando ele aparecer”, diz ela.

“Também achei muito estranha a falta dele. Até fiquei pensando... Será que León já não virou gente e foi cuidar da vida dele, das coisas que deixou pra trás quando foi amaldiçoado?”, fala Gabriel. “Pode ser. Mas e se algo deu errado? Se a maldição não foi quebrada? Se alguém pegou ele? Quando o capanga da sua mãe o atropelou, ele chegou aqui praticamente morto e botamos na fonte pra reviver. Mas e se dessa vez aconteceu o pior”, imagina ela.

MURILO À JUDITH: “GATO OU GENTE, CONTINUO SENDO SEU AMIGO”

Gabriel ampara Judith, ainda emocionada, e diz para ela ir descansar. “Tá bom... Mas antes de sair, deixa eu botar a ração. León, se ainda for gato, deve voltar com fome. Se voltar”, fala. Quando ela começa a encher o pote de ração, ouve a voz de Murilo. “Obrigado, Judith, mas não vou mais comer ração”, diz ele. A doméstica se vira e arregala os olhos, e vê surgir diante de si e de Gabriel, Murilo.

Ele tira o capuz e se mostra. Judith logo corre para abraçá-lo e começa a chorar. “Você tá vivo! Deu tudo certo, deu tudo certo!”, comemora ela. “Graças a Deus, Judith... E à ajuda de vocês!”, diz ele. “Bem-vindo de volta à vida normal”, fala Gabriel. “Está precisando de alguma coisa?”, pergunta Judith. “Hoje não... Ainda estou me habituando”, diz ele.

“Então pode ir pra casa descansar, Judith”, avisa Gabriel. “Eu vou! Confesso que vou ficar com saudade do gato que sempre me fazia companhia...”, admite ela. “Gato ou gente, continuo sendo seu amigo”, ressalta Murilo. Os dois se abraçam e ele beija a testa dela, que sai. “Fico feliz que deu tudo certo... Apesar da fonte ainda correr perigo”, fala Gabriel.

“Nós temos muito a conversar...”, afirma Murilo. “Quer que eu prepare um café?”, pergunta Gabriel. “Falamos amanhã. Preciso descansar... Estou exaurido e tive que enfrentar outros percalços que depois vou lhe contar”, diz o ex-encapuzado. “Tudo bem, então. Amanhã cedo, assim que acordar, a gente conversa”, fala Gabriel. “Antes tenho uma outra conversa importante para ter”, conta Murilo, deixando Gabriel curioso.



Veja Também