O Sétimo Guardião: Júnior dá beijo apaixonado em Luz

Professora não o repreende e parece gostar da intimidade entre eles


  • 29 de janeiro de 2019
Foto: Reprodução Globo


Desde que Gabriel (Bruno Gagliasso) deixou Luz (Marina Ruy Barbosa) para assumir a Irmandade da fonte secreta, ela já sofreu o que tinha que sofrer. Agora quer mais é tocar a sua vida.

Será com um novo amor? Júnior (José Loreto), que parece ter amadurecido, anda ganhando pontos da professora, e consegue até um beijo.

Essa sequência está prevista para ser exibida no dia 5 de fevereiro.

O Sétimo Guardião: León enfim vira humano e se chama Murilo

Elizabeth Savala e o show de dramaturgia como a beata Mirtes

JÚNIOR ANTES DE BEIJAR LUZ: “QUERO FAZER UMA COISA QUE A VIDA INTEIRA EU SEMPRE SONHEI EM FAZER...”

Enquanto Gabriel toma definitivamente posse como o guardião-mor da fonte, Luz parece inquieta em sua casa. Nisso, Júnior passa de carro por ali, e ao ver a janela do quarto de Luz iluminada, para e fica olhando, pensativo. Logo, a professora ouve batidas na porta. No céu, se vê a enorme lua de sangue. Quando ela abre a porta, se depara com Júnior. “Apesar do horário... Aquele café que me ofereceu mais cedo ainda está de pé?”, pergunta ele.

“Pra café saboroso e bom amigo não existe hora!”, diz a jovem. “Antes quero fazer uma coisa que a vida inteira eu sempre sonhei em fazer...”, fala ele. “O quê?”, quer saber Luz. Júnior coloca as mãos sobre a porta, prendendo Luz entre ela e seu corpo e lhe dá o maior beijaço. Apanhada de surpresa, a professora mal tem reação. E os dois ficam ali um tempinho, naquele beijo apaixonado. Mas logo Júnior se afasta dela e se desculpa, completamente envergonhado.

“Desculpa, Luz... Me perdoa. Eu não devia ter feito isso...”, afirma ele. “Mas fez”, diz ela, sem emitir reação. “Você deve estar pensando que continuo o mesmo idiota de antes, por pegar você desprevenida, te dar esse beijo assim, mas não consegui me controlar...”, explica ele. “Pra falar a verdade não deu tempo de pensar em nada ainda”, ressalta ela.

“Vai ver foi essa lua que mexeu comigo”, diz Júnior. “Já que rolou não vamos fazer drama em torno disso, não é?”, fala ela. “Você não vai ficar magoada comigo?”, surpreende-se o jovem. “Vou ficar zangada é se você me fizer passar um café novinho pra depois não tomar. Entra, vai!”, afirma ela. Júnior mostra-se admirado com a reação de Luz, e entra, todo sorridente.

LUZ SOBRE DESCULPAS DE JÚNIOR APÓS BEIJO: “JÁ CONCORDAMOS QUE NÃO VAMOS DAR MAIOR IMPORTÂNCIA DO QUE A QUE TEM, NÃO É?”

Enquanto a professora serve os cafés, o jovem ainda tenta se justificar pelo ato impulsivo. “Só bati na sua porta porque vi que estava acordada, mas não planejei aquela situação. Minha intenção era vir aqui pra...”, fala ele. E Luz o corta, sorrindo. “Conversar? É exatamente o que estamos fazendo”, diz ela. “Luz eu tava falando do...”, tenta continuar ele.

Novamente, a moça tenta dizer que está tudo bem. “Eu sei do que você está falando, mas já concordamos que não vamos dar maior importância do que a que tem, não é? E temos outros assuntos pendentes. Precisamos organizar melhor a caça ao tesouro dos alunos, por exemplo”, fala ela. E os dois começam a falar empolgados sobre os trabalhos na prefeitura.

Em meio a risadas, Júnior avisa que está na hora de ir embora. “Já está tarde. Vou indo nessa, Luz. Amanhã a gente tem um dia cheio pela frente”, diz ele. Júnior se despede, vai dar beijo no rosto de Luz, mas se detém e estende a mão em cumprimento. “Desculpa qualquer coisa...”, fala ele. Nisso, a professora aperta a mão dele, a puxa pra si e dá um beijo no rosto dele.

“Não tem nada para desculpar. Até amanhã!”, diz ela.



Veja Também