O Sétimo Guardião: Cássia desconfia de “boa ação” do marido

Ela não entende como de uma hora para outra ele quer patrocinar seu filme sensual


  • 09 de janeiro de 2019
Foto: Reprodução Globo


Vai entender o delegado Joubert Machado (Milhem Cortaz). Uma hora ele queria “matar” Leonardo (Jaffar Bambirra), o diretor do filme sensual de sua mulher, Rita de Cássia (Flávia Alessandra).

Agora, ele vem com uma história de que irá arranjar patrocínio para a produção. Essa sequência deve ir ao ar no dia 10 de janeiro.

O Sétimo Guardião: Stefânia faz plano para aproximar enteado

O Sétimo Guardião: Luz surta ao ser abandonada por Gabriel

CÁSSIA DESCONFIADA: “É SÓ PARA ME AJUDAR, MESMO, JOUBERT? NÃO TEM OUTRO INTERESSE POR TRÁS?”

Joubert está em casa, só de calcinha, mas segurando uma amarela nas mãos. Cássia vem atrás do marido, sem entender até agora o porquê da decisão de conseguir patrocínio para o filme dela. “Só estou querendo ajudar... Mas você consegue ver maldade em tudo!”, diz ele.

“É que não dá entender... Primeiro, não queria que eu entrasse no filme, agora vai arranjar até patrocínio?”, fala ela. “Devia era me agradecer por estar sendo zeloso, compreensivo... E cuidando da sua carreira artística”, justifica ele. “Só falta dizer que vai ser meu empresário!”, fala ela.

“Talvez no futuro eu até seja isso mesmo, mas de momento decidi procurar alguém que entenda dessas leis de incentivo para filme, alguém que preze pela qualidade e pelo bom gosto...”, avisa ele. “E que interfira no trabalho de direção do Leonardo, não é?”, deduz ela.

O delegado tenta se justificar mais uma vez. “Já levou pro lado errado de novo. Um produtor vai assegurar que você não entre numa furada! Estou defendendo a sua imagem, Cássia. Não vou deixar que se meta com um negócio de amador. Se é para fazer, que seja com um profissional”, adverte ele, que pouco antes se encontrou com Leonardo e disse a ele que vai conseguir verba para o filme, se puder ver antes todo o material feito.

“É só pra me ajudar, mesmo, Joubert? Não tem outro interesse por trás?”, fala ela, desconfiada. “Claro que não, meu amor! Pra fazer um filme bem feito, precisa recursos, um produtor de verdade... E é isso que vou conseguir pra sua estrela brilhar pra valer!”, fala ele. Nisso, Cássia abraça o marido. Eles se beijam, até que ela apalpa a nádega dele, sobre a calcinha.



Veja Também