Luellem de Castro: “Talíssia é mais forte, mas eu sou guerreira”

Atriz exalta força da representatividade e fala sobre o casal fofo #talicius


  • 09 de novembro de 2018
Foto: Globo/João Miguel Júnior


Por Luciana Marques

Aos 22 anos, Luellem de Castro já mostra em sua estreia em novelas na Globo como a Talíssia de Malhação: Vidas Brasileiras, que vai longe. Atitude e talento, ela tem de sobra. E como a atriz tem visto essa força toda da personagem, que vem enfrentando um momento difícil com o reaparecimento do ex, Marquinhos (Miguel Rômulo), pai de sua filha, Valentina (Maria Alice Guedes). “Talíssia é mais forte que eu, não nego! Mas eu sou bem guerreira também, vai!”, avisa ela.

Luellem acha que mais uma vez a personagem não vai medir esforços para que tudo termine bem, e ela não perca a guarda da filha. E em se tratando do namoro de Talíssia e Vinícius (André Luiz Miranda), ela os define como “casal de comercial de margarina”. “Acho lindo o amor deles”, ressalta. E diz que assim como Talíssia, também respeitaria o fato de um namorado, por causa de sua religiao, optar por ter uma relação mais íntima somente após o casamento. “Existem várias formas de se relacionar”, fala.

Cria do teatro, Luellem também é cantora, e participa de alguns projetos, como O Teatro de Afeto, que fala de afeto e cura, o Sarau Dazamiga e o Baile Funk Dazamiga, trabalhos que exaltam a mulher e o funk, e a banda Nós Somos.

Talíssia (Luellem de Castro) e Valentina (Maria Alice Guedes). Foto: Globo/João Miguel Júnior

Talíssia já mostrou ser uma jovem forte, mas como você acha que ela vai reagir a esse verdadeiro “tsunami” na vida dela com o reaparecimento do Marquinhos?

Ela é forte mesmo, mas é muito jovem, doce. A situação da Talíssia é complicadíssima para qualquer adulto, imagina ter só 18 anos e passar por isso! Ela vai enfrentar, mas a fragilidade vai ficar em foco com certeza.

Laila Garin em Malhação: “Falar sobre depressão é fazer um bem”

Leonardo Bittencourt: “Precisei insistir para poder viver da arte”

Você acha que ela é capaz de fazer de tudo para não perder a guarda da filha, vira tipo uma “leoa”?

Tenho certeza que sim. Talíssia não é do tipo que mede esforços. Se tudo der errado não vai ser por falta de tentativa de acerto.

De que forma a própria regeneração do irmão Jorge (Hugo Germano) e o relacionamento com o Vinícius podem ajudá-la nesse momento? .

Base, né? Ter uma família equilibrada, um companheiro leal. Acredito que carinho ajuda a resolver metade dos problemas do mundo.

Qual o feedback que você tem sentido nas ruas e nas redes sociais em relação à personagem?

Acho lindo a coisa da representatividade. É incrível a quantidade de mensagens que eu recebo falando sobre como é legal se ver na televisão.

Talíssia (Luellem de Castro). Foto: Globo/Mauricio Fidalgo

E Talíssia e Vinícius, finalmente vão casar. Fale um pouco sobre esse casal fofo...

Eles são casal de comercial de margarina, né? É muito amor, muita compreensão, respeito.

Você acha que ela já entende bem essa questão dele com a religião, de só ter relações mais íntimas após o casamento, entende e respeita?

Acredito que sim. Talíssia é muito romântica. Para ela, estar ao lado do Vinicius já é um sonho completo.

Como você, Talíssia reagiria a uma questão como essa, também respeitaria?

Eu respeitaria sim, claro. Quando o outro é importante, a gente descobre formas de fazer funcionar.

Falando de representatividade, você hoje tem noção do quanto é exemplo para jovens e crianças, estando num produto tão visto como Malhação, você sente esse retorno?

Sinto esse retorno sim, mas gosto sempre de lembrar que nossos jovens são muito espertos. Malhação é, e ao meu ver tem que ser, uma extensão de pensamentos. Exposição de conflito jovem. Esclarecimento. Não acho que exemplo seja a melhor palavra. Acredito na palavra 'inspiração'.

Vinícius (André Luiz Miranda) e Talíssia (Luellem de Castro). Foto: Globo/João Miguel Júnior

Desde a estreia de Malhação, com o reconhecimento, a repercussão do seu trabalho, o que mudou desde então na sua vida?

Na minha vida não mudou muita coisa não. As pessoas reconhecem, recebo um carinho que não recebia antes, e é ótimo. Mas diretamente nada muito novo. A diferença mesmo é de espaço profissional. Malhação é uma ótima vitrine.



Veja Também