Êta Mundo Bom!: Sandra seduz Candinho e eles se beijam

Vilã afirma que está começando a colocar o seu novo plano em prática


01 de julho de 2020

Foto: Reprodução Globo

Feliz por ter reencontrado o seu amigo Policarpo, Candinho (Sérgio Guizé) vê Filó (Débora Nascimento), que é sua vizinha, se aproximar do portão. Os dois conversam, mas mais uma vez, o caipira afirma que se decepcionou muito e quer ficar longe dela, que agora está casada com Fragoso (Luís Gustavo). Antes de se despedir, o rapaz comenta que o coração dele ainda dói ao vê-la. Depois ele segue para dentro da mansão e se depara com Sandra. A vilã, que tinha espionado a conversa dele com a ex, começa o seu “showzinho” para consolá-lo.

Primeiro, Sandra até chora, contando que está com o coração ferido ao ter sido enganada pelo falso Candinho,  Ernesto (Eriberto Leão), com quem quase se casou. “Somos dois corações que sofrem, não é? Mas isso nos aproxima, porque estamos unidos, eu e você sofremos por amor”, afirma ela, chorosa. “É, nós fica unido, nas desgraça um do outro”, emenda ele. “Quem sabe não podemos dar um ao outro o sentimento que dedicamos a quem não merecia receber”, propõe ela.

Sedutora e fingindo fragilidade, ela se aproxima do caipira, toca no peito dele e se aconchega. Ali, bem próxima de Candinho, que está nervoso, quase sem ação, a malvada diz que só de estar perto dele, já sente consolo. “Óia, Sandra, eu lhe quero muito bem”, fala ele, tentando apoiar a moça. Nisso, Sandra pega a mão dele e a coloca em seu colo. “Olha o meu coração, como bate forte”, fala. O rapaz, tímido, diz que o dele também bate... “Candinho, me ajude a esquecer esse amor”, pede ela.

Pronta para o ataque, Sandra aproxima o seu rosto do de Candinho. Num primeiro momento, o caipira hesita, mas logo se entrega ao beijo. Em seguida, se afasta, assustado, e se desculpa. “Perdoa eu. Eu aproveitei de nossas tristezas”, fala. “Eu também peço perdão”, diz a falsiane. Candinho afirma que ela pode abrir o coração com ele quando quiser e que ele não irá mais desrespeitá-la. “Bom demais estar perto de você, Candinho”, diz ela. O rapaz segue para o seu quarto. E ela se senta no sofá da sala. “Ai, me aguarde, Candinho. Está só começando!", fala a si mesma.

Êta Mundo Bom!: Candinho reencontra Policarpo e Ernesto se dá mal

Êta Mundo Bom! Maria coloca Celso contra a parede: “Quem roubou o burro?”