Êta Mundo Bom!: Anastácia descobre que o seu filho está vivo

A ricaça comemora a notícia e diz que paga o que for para tê-lo ao seu lado


  • 28 de abril de 2020
Foto: Montagem


Depois de passar por várias fazendas, o detetive Jack (David Lucas) chegou até a família de Cunegundes (Elizabeth Savala). Lá, com a pista do medalhão, ele descobre que o filho de Anastácia (Eliane Giardini) está vivo e se chama Candinho (Sergio Guizé). Mas que há pouco tempo partiu para São Paulo atrás da mãe. Com a descoberta, Jack vai até a casa de Anastácia. Diante da senhora, ele afirma ter notícia do paradeiro do filho dela.

Anastácia fica apreensiva. Sandra pede para o jovem ser delicado com a tia ao falar sobre a questão. “Não, pelo o contrário. Dona Anastácia, posso afirmar com toda a certeza: o seu filho está vivo”, revela. “Meu filho está vivo”, vibra ela, emocionada. “Não pode ser”, rebate Sandra. Anastácia fica sem entender a reação da sobrinha. “Sandra, parece que você não ficou feliz com a notícia. O meu filho está vivo”, fala.

A malvada desconversa. “Não, tia...”, diz. “A notícia é supimpa, a minha irmã ficou surpresa. Eu não esperava tamanha descoberta”, minimiza Celso (Rainer Cadete). Anastácia concorda que foi tudo muito rápido. “E onde está o meu filho?”, quer saber ela. O investigador diz que ele está em São Paulo. A viúva comemora, enquanto Sandra não gosta nada do que ouve. “Por favor, sem suspense, Quando eu vou vê-lo?”, quer saber a ricaca. Mas logo Jack lhe dá um banho de água fria. “Não faço a menor ideia”, diz.

O jovem explica que a cidade de São Paulo é enorme e qualquer um pode sumir de vista. “Eu tenho que concordar com o detetive. Como achar um rosto desconhecido na multidão?”, fala Sandra. Anastácia questiona se o filho ainda conserva o medalhão. “No momento que saiu da fazenda, sim. De lá pra cá, eu não sei. Ele tinha pouco dinheiro”, conta Jack. “Mas é a única pista que temos. Detetive, revire São Paulo, eu lhe pago o que for preciso, descubra o medalhão e encontre o meu filho”, implora ela.

Sandra, então, pede para a tia desenhar o medalhão. Aí ela dá uma cópia ao detetive, outra para ela e outra para Celso. “O destino tem seus caprichos, quem sabe eu ou o Celso não nos deparamos com nosso primo”, fala a ambiciosa. “Seria sorte demais”, fala Anastácia, que ganha um abraço falso de Sandra.

Êta Mundo Bom! Veja os personagens da trama que estará no Vale a Pena Ver de Novo



Veja Também