Espelho da Vida: Gustavo Bruno garante que Julia nunca será feliz

Indignado ao ouvir que ela não o ama, Marquês promete inferniza vida da jovem


  • 25 de fevereiro de 2019
Foto: Reprodução Globo


Essa reta final de Espelho da Vida está emocionante. Mas o casal #Junilo, de 1930, continua sofrendo. E é chegada a hora do julgamento de Danilo (Rafael Cardoso), incriminado por algo que não cometeu.

Já Julia, segundo o site oficial da trama das 6 no Gshow, não poderá ajudar o amado por conta de ameaças do pai, Eugênio (Felipe Camargo).

Vitória Strada e o final de Cris: “São vários shippers. Não opino!”

Resumos de Novelas - Espelho da Vida - De 04 a 09/03

JULIA DEIXA GUSTAVO BRUNO FURIOSO AO DIZER QUE NÃO O AMA E QUE SÓ IRÁ CASAR COM ELE POR CONTA DAS AMEAÇAS DE SEU PAI

Preso injustamente, Danilo agora tenta evitar a sua condenação por roubo. E uma das únicas formas de ele poder escapar do pior no julgamento, é se sua amada, Julia, depor e contar que foi ela quem lhe deu as joias.

Ela concorda, mas acaba desistindo ao ouvir chantagem do pai. Eugênio garante que se ela não se casar com Gustavo Bruno (João Vicente de Castro), ele vai matar Danilo. Com medo do que possa acontecer com o seu amado, ela desistir de ir ao tribunal.

Mesmo aceitando as condições do pai, ela fala na cara de Gustavo Bruno que não o ama e que só está se casando com ele por conta das ameaças de Eugênio. Furioso ao ouvir isso da noiva, o Marquês diz para si que vai infernizar a vida de Julia e que ela nunca será feliz.

Espelho da Vida: Piedade declara o seu amor a Padre Luiz

Espelho da Vida: Piedade teme por Julia após saber de gravidez

AVÓ DE JULIA DÁ DEPOIMENTO MENTIROSO CONTRA DANILO

Já no julgamento, as coisas não andam bem para Danilo. Além de não poder contar com Julia, ele é surpreendido com o depoimento mentiroso de Albertina (Suzana Faini), mãe de Eugênio. A senhora confirma ter visto o pintor entrando na casa da família Castelo.

Enquanto tudo isso acontece, Julia é trancada em seu quarto para nem tentar ir ao tribunal. Pelo menos uma notícia boa para Danilo é que Madre Joana (Ana Lucia Torre) é chamada por Hildegard (Irene Ravache) para defendê-lo. A religiosa confirma que na data do suposto roubo, o pintor ainda estava internado no convento.



Veja Também