Espelho da Vida: Cris poupa Margot sobre notícias do filho dela

A jovem também emociona a viúva com sua nova descoberta nos anos 30


  • 20 de dezembro de 2018
Foto: Reprodução Globo


Cris (Vitória Strada) sai de sua “viagem ao passado” e chega apressada para contar outra grande descoberta à Margot (Irene Ravache).

A jovem, porém, só cuida para não revelar mais detalhes que tem povoado seus sonhos sobre o filho desaparecido da viúva. Essa sequência está prevista para ir ao ar nesta quinta-feira, dia 20 de dezembro.

Espelho da Vida: Cris descobre “vida passada” de Vicente

Espelho da Vida: Alain quer preparar Mariane para fazer Julia

MARGOT EM ÊXTASE: “CRIS, ISSO É MARAVILHOSO! NOS SEPARAMOS NA OUTRA VIDA PARA NOS ENCONTRARMOS AGORA, JÁ NA MATURIDADE. QUE SAUDADES DO VICENTE”

Margot fica feliz de ver a amiga entrando em seu quarto “Cris, que boa surpresa! Veio tomar café comigo?”, diz. “Vim te contar uma coisa maravilhosa, Margot! O Vicente... você e o Vicente já se amaram na nossa outra vida! Ele era Augusto Breton, o pai do Danilo!”, conta na lata, a atriz. “O meu Vicente era o marido da Hildegard?”, surpreende-se ela.

Cris começa a explicar a história. “O nome dele era Augusto Breton! Eu conversei com ele na casa da Hildegard em um coquetel! Como num sonho que tive antes...”, diz Cris. “Não posso nem dizer que é surpresa porque tinha certeza que eu e o Vicente temos um amor de muitas vidas”, assegura Margot.

A viúva quer saber de mais detalhes. “Como ele era, Cris? O meu Vicente? Ele me amava? Quer dizer, amava a Hildegard? Eram felizes como nós dois?”, pergunta. “Eles não tinham mais um casamento formal, acho que nunca tiveram, mas continuavam a se relacionar! Foi o Danilo que me contou, o filho de vocês dois!”, explica Cris.

A viúva não esconde a emoção. “Tivemos um filho juntos, que maravilha! Tive tanto desejo de ter um filho com Vicente, mas claro que era impossível, já nos conhecemos mais velhos! Mas fizemos um filho em outra vida, o Danilo!”, constata ela, feliz. “Fiquei tão emocionada quando fui apresentada a ele! O mesmo sorriso de lado, olhos vivos, brilhantes! Tive vontade de abraçar, beijar, mas era o Augusto, não o Vicente! Eles não iam entender nada!”, fala Cris.

Margot ainda parece em êxtase com a novidade sobre sua vida passada. “Cris, isso é tão maravilhoso! Nos separamos na outra vida para nos encontrarmos agora, já na maturidade…Ah, que saudade do meu Vicente!”, diz. “O Danilo, seu filho, pode ter realmente voltado como o Edu. Estou cada vez mais convencida disso. Não só pelos retratos, mas são tantas coincidências!”, ressalta a jovem.

CRIS POUPA MARGOT DE PALAVRAS DE VICENTE EM SONHO SOBRE O FILHO DELA, EDUARDO

Margot pondera. “O seu amado de outra vida, Danilo, voltou como meu filho, o Eduardo... Não é que seja impossível, minha querida, claro que não. Só quero que lembre que meu filho é bem mais velho que você, não é o rapaz que...”, tenta explicar ela. “Eu sei, tenho consciência disso. Quem sabe eu encontre o Eduardo e descubra que nesta vida de agora eu amo realmente o Alain? Que nesta vida nosso destino é ficar juntos? E tem mais, não pude ainda te contar, eu sonhei com o Vicente outro dia”, diz Cris.

“Ah, que coisa boa, como ele estava no seu sonho?”, quer saber Margot. “Estava bem, como devia ser antes de ficar doente. E chamou você de “Margotinha”, achei tão carinhoso”, diz Cris. “É assim que ele me chamava quando estávamos sozinhos…Margotinha. Meu amor querido. Queria tanto que ele dissesse alguma coisa sobre o Edu”, fala Margot.

Nesse momento, Cris lembra-se de seu sonho e das palavras ditas por Vicente (Reginaldo Faria). “Você precisa ser forte para ajudar a Margotinha”, falou ele. “O que quer dizer?”, perguntou Cris. “Você entendeu, Cris, não crie falsas esperanças pra ela. Eduardo não vai voltar nunca mais”, afirma Vicente no sonho de Cris.

Já diante de Margot, ela disfarça, sem coragem de contá-la o que ouviu. “Não lembro o que ele disse, só o “Margotinha” me chamou a atenção, estava tudo meio confuso, sabe como é sonho”, desconversa. “Nos meus sonhos eu vejo o Vicente de forma muito nítida, como se ele estivesse vivo. Me conforta saber que ele está bem, em paz. Ajuda a superar a saudade”, ressalta a viúva.

E Margot agradece Cris. “Sabe que meu coração ficou quentinho com as coisas que me contou? Estou ficando uma velhotinha sentimental, como o Vicente dizia”, brinca a viúva. Cris despede-se.



Veja Também