Espelho da Vida: Cris ouve de guardiã quem é o seu grande amor

Jovem fica surpresa com revelação e faz nova “viagem aos anos 30"


  • 02 de novembro de 2018
Foto: Reprodução Globo


Cada vez mais intrigada com as descobertas de seu passado, Cris Valência (Vitória Strada) decide novamente ir até a casa de Julia Castelo.

E no momento em que acaba de romper o noivado com Alain (João Vicente de Castro), ela precisa ainda mais de explicações sobre a sua “outra vida”. Essa sequência está prevista para ser exibida a partir do dia 16 de novembro.

Espelho da Vida: Mauro César é preso após Pat invadir quarto

Espelho da Vida: Isabel confirma que Alain é o pai de Priscila

GUARDIÃ PARA CRIS: “POUCAS PESSOAS TIVERAM O PRIVILÉGIO DE VOLTAR NO TEMPO E ENTENDER O QUE ACONTECEU EM UMA OUTRA VIDA”

Cris chega com sua bicicleta na casa de Julia Castelo. Ali na frente, já a sua espera, a guardiã (Suzana Faini), e o cachorro branco. O cão vai até ela, dócil, amigo. “Você é muito lindo, gosto de você”, fala Cris, que o afaga.

Logo, a guardiã percebe que a atriz não está nada bem. “Vem. Por que a sombra de lágrimas nos seus olhos?”, quer saber ela. “Tanta coisa aconteceu, tenho perguntas, muitas!”, diz Cris. A senhora a puxa para dentro da casa. “Vem”, diz ela.

Cris está muito mexida diante da guardiã. “Por que tenho que passar por tudo isso? Queria ter o dom de esquecer o que aconteceu no passado. Viver só agora! Eu era feliz, tão mais tranquila...”, afirma ela.

A guardiã tenta dar-lhe um alento. “Poucas pessoas tiveram o privilégio de voltar no tempo e entender o que aconteceu em uma outra vida”, diz ela. “Por que preciso entender? Não posso mudar nada do que aconteceu ou causaria um caos, uma grande entropia, que nem entendo bem o que é! Qual o sentido então?”, pergunta.

CRIS À GUARDIÃ: “É DANILO O MEU GRANDE AMOR? COMO, SE ELE ESTÁ NO PASSADO, EM OUTRA DIMENSÃO? O ALAIN É REAL!”

A senhora tenta confortá-la, e pede para ela continuar falando, buscando respostas. “Desabafa, tem todo o direito. Mas se persistir vai ficar livre para viver seu grande amor até o fim dos tempos”, afirma a guardiã.

Cris se anina. “Meu grande amor? Julia escreveu quase exatamente essa frase no diário falando do Danilo! É ele o meu grande amor? Como, se ele está no passado, em outra dimensão? O Alain é real! E estou sofrendo tanto por ter terminado o noivado com ele. Por que, senhora?”, indaga ela, aflita.

A mulher hesita, e seu olhar perde a dureza por um tempo. “Confia na força do Infinito. Quem só acredita no visível vive em um mundo muito pequeno. Vá antes que o relógio te impeça de descobrir o que deve”, aconselha a guardiã.

Assim, Cris começa a subir lentamente a escada para uma nova “viagem aos anos 30”. E o que será que ela descobrirá desta vez? A guardiã a olha, e o cão se deita no sopé da escada.



Veja Também