Deborah Secco entre o amor “bandido” e o caipira em Salve-se Quem Puder

Atriz vive triângulo amoroso com Rafael Cardoso e João Baldasserini


  • 11 de dezembro de 2019
Foto: Globo/João Miguel Junior


Depois de brilhar como a vilã Karola, em Segundo Sol, em 2018, Deborah Secco retorna às novelas com um papel leve e cômico, que deverá conquistar de cara o público. Em Salve-se Quem Puder, nova trama das 7 com estreia no fim de janeiro, a atriz será a dramática Alexia, uma atriz de musical. O grande sonho da personagem é estrelar uma novela da Globo. E quando isso acontece e ela tem a oportunidade de gravar a novela em Cancún, sua vida muda completamente de uma hora para a outra.

Tudo acontece quando ela está no México e conhece o misterioso Renzo (Rafael Cardoso). Os dois se apaixonam e têm uma noite pra lá de quente. Mas quando Alexia acorda, ela só vê um bilhetinho ao lado da cama. A atriz fica furiosa por ter sido deixada sozinha e ainda acha que o rapaz roubou um amuleto que ela ganhou da avó. Assim, ela está decidida a encontrá-lo e tirar satisfações com ele. E vai com a nova amiga Kyra (Vitória Strada) e também Luna (Juliana Paiva), que trabalha no hotel e dirige o carro, procurar Renzo.

Ao chegarem lá, elas presenciam o assassinato de um juiz brasileiro, vivido por Aílton Graça. Quem está à frente do crime é Dominique (Guilermina Guinle), tia de Renzo e chefe da maior quadrilha do local. E quando a bandida percebe que as três moças presenciaram o assassinato, ordena Renzo a dar um fim nelas. O problema é que ele também se apaixonou por Alexia e a deixou após uma noite de amor por saber que, sendo de uma família de bandidos, nunca daria certo com ela. Mas ao deixarem o local, as três novas amigas enfrentam um furacão.

Kyra (Vitória Strada), Alexia (Deborah Secco) e Luna (Juliana Paiva). Foto: Globo/João Miguel Junior

AMOR CAIPIRA

Alexia, Kyra e Luna acabam sobrevivendo ao furacão, mas ao prestarem depoimento sobre o assassinato, são convencidas a entrarem no Programa de Proteção a Testemunhas. Dessa forma, seguem para o interior de São Paulo, cada um com uma nova identidade. Alexia vira Josimara. A Polícia Federal as hospeda na casa dos caipiras Hermelinda (Grace Gianoukas) e o filho dela, Zezinho (João Baldasserini). De cara, Alexia tem implicância com o rapaz bronco. Mas ele se apaixona por ela e ela também sente algo diferente.

Mas as três amigas não conseguem ficar muito tempo no sítio e fogem para São Paulo, acompanhadas dos amigos caipiras. Todos vão viver juntos numa casa zona leste da capital. Cada uma delas vai se infiltrar na vida que era da outra, até porque elas estão “mortas”. Com o passar do tempo, Renzo chega à cidade. E ao vê-lo um dia, Alexia/Josimara acha que ele reapareceu para matá-la. E mal sabe a agora secretária que ele estava mesmo apaixonado por ela.

DEBORAH SECCO: “QUERIA MUITO VOLTAR PARA O HUMOR”

Em encontro com a imprensa nos Estúdios Globo, no Rio, Deborah Secco contou estar se divertindo muito nas gravações de Salve-se Quem Puder, protagonizada por ela, por Vitória Strada e por Juliana Paiva. E que precisava de um trabalho leve após a louca da Karola, de Segundo Sol. A trama é escrita por Daniel Ortiz e tem direção artística de Fred Mayrink.

“O maior atrativo quando eu fui convidada pelo Daniel e pelo Fred era saber que eu vinha para um universo divertido, que a gente ia brincar, se divertir enquanto trabalha. Eu vim de uma novela muito densa, com um personagem maravilhoso, mas que me desgastava muito emocionalmente. E eu queria muito voltar para a comédia. Sou grata aos meus personagens de humor, eles me trouxeram a um lugar muito especial da carreira. A Darlene de Celebridade foi um personagem de grande sucesso. Depois eu pude brincar em Louco por Elas, com a Giovanna”, lembra.

Deborah faz questão ainda de dizer que o trabalho tem tido um andamento maravilhoso, principalmente pela dupla Daniel Ortiz e Fred Mayrink.

“O Daniel é um autor que escreve uma comédia pronta.  A gente só precisa não estragar, o texto dele é impecável. E o Fred é um diretor que acredita na comédia, porque há diretores que dizem não, menos, o Fred diz, faz mais... Então eu estou brincando muito mais do que eu imaginei”, conta.

Juliana Paiva: Triângulo amoroso com José Condessa e Felipe Simas em trama



Veja Também