Bom Sucesso: Paloma admite a Marcos que está gostando dele

Após noite em Búzios, o rapaz a coloca contra a parede


  • 21 de outubro de 2019
Foto: Globo/João Cotta


Marcos (Romulo Estrela) finalmente ouvirá o que tanto queria da boca de Paloma (Grazi Massafera).

Após uma noite romântica em Búzios, que foi interrompida após Paloma saber que Alice (Bruna Inocêncio) passou mal, a costureira confessa que gosta dele.

Essa sequência está prevista para ser exibida no dia 6 de novembro.

PALOMA FAZ MARCOS PULAR DE ALEGRIA: “TÁ BOM, EU... GOSTO DE VOCÊ. TÁ SATISFEITO?”

Paloma sai da mansão de Alberto (Antonio Fagundes) após mais um dia de trabalho. Após cumprimentar o vigia, ela dá de cara com Marcos, que lhe oferece uma carona.  “Não. Obrigada. Eu prefiro pegar o trem. Da última vez que eu entrei nesse carro a gente foi parar em Búzios”, lembra ela. “Foi divertido, não foi?”, quer saber ele. “Foi. Mas agora é melhor eu cair na real. O caminho até Bonsucesso é longo. Não dá pra chegar lá em casa voando, não, Peter Pan”, avisa ela.

Marcos pede para ela entrar em seu carro. “Eu juro que, apesar de querer, eu não vou fugir com você. Eu só quero conversar”, diz. Ela quer saber sobre qual assunto. “Você já sabe o que eu sinto por você. Agora é a minha vez de saber. O que você sente por mim?”, pergunta ele, na lata. Paloma fica sem saber o que dizer e desconversa falando que precisa ir embora para fazer a janta das crianças. “Eu te levo pra Bonsucesso. No caminho a gente conversa”, fala ele.

Ela diz que prefere ir sozinha. “Paloma, eu mereço saber”, insiste ele. “Tá bom, eu... gosto de você. Tá satisfeito?”, admite ela. Marcos vibra de alegria e vai beijar Paloma, mas ela o impede. “Só que eu não posso deixar você entrar na minha vida. A gente é muito diferente, Marcos. Você é livre, eu não”, pondera ela. “Eu posso mudar por você”, garante ele. “Eu não vou colocar você dentro da minha casa. Meus filhos nunca vão aceitar. E aqui também não dá. Eu não quero desrespeitar o Seu Alberto”, afirma ela.

MARCOS À PALOMA: “VOCÊ NÃO CONSEGUE ME LEVAR A SÉRIO, NÉ? PRA VOCÊ EU SÓ SIRVO PRA UMA NOITE”

Paloma continua dizendo que adorou ficar com ele em Búzios. “Foi mágico, mas a vida não é um eterno final de semana”, diz. “Você não consegue me levar a sério, né? Pra você eu só sirvo pra uma noite”, constata ele. “Ou duas, ou três...”, emenda ela. “Dói, sabia? Pode não parecer, mas eu tenho sentimentos”, afirma ele. “Se organiza, Marcos Prado Monteiro. Todas que caíram na lábia do Don Juan, se deram mal”, lembra ela. “Mas eu não sou o Don Juan”, fala ele. “Desculpa, mas eu não consigo confiar em você”, diz ela, que sai andando. E Marcos fica ali, arrasado.

Paloma sai da estação do trem e se aproxima da Santa para desabafar. Ela se benze. “Boa noite, minha santinha. Queria tanto falar com a senhora. Eu não sei o que eu faço. Toda vez que eu lembro do Ramon o meu coração fica assim ó. Apertado. Porque eu fico lembrando de tanta coisa boa que a gente viveu, sabe? A gente caindo no samba, nosso momento em família... Mas aí vem aquele Marcos e faz o quê? Me deixa perdidinha. Pôxa, eu prometi que ia ficar quieta no meu canto. Só trabalhando pro Seu Alberto esses meses. Mas eu não tô conseguindo”, fala.

E ela faz um pedido. “Me ajuda, santinha, me dá uma luz, um sinal”, diz. Nisso, ela vê ao longe Francisca (Gabriela Moreyra) e Ramon andando juntos, conversando. E Paloma fala para si. “Nossa, que rápida. O que a senhora tá querendo dizer com isso? Que eu tô perdendo o homem da minha vida? Ou que eu já perdi o meu preto? Cruzes, eu pedi foi uma luz, Aparecida. Não um tapa na cara, não”, fala ela.

Bom Sucesso: O reencontro explosivo de Vera e Alberto

Bom Sucesso: Gabi não curte saber de “peguete” de Patrick



Veja Também