Amor Sem Igual: Poderosa é atacada por homem e Miguel a salva

Agrônomo coloca a vida em risco novamente e pergunta por que ela busca a dor


  • 25 de janeiro de 2020
Foto: Reprodução Record TV


Essa Poderosa (Day Mesquita)... Bastou Miguel (Rafael Sardão) declarar o seu amor por ela, mas negar sexo por sexo, para a garota de programa ficar indignada e fugir.

Mas o que ela não esperava era que o motorista que lhe deu carona fosse atacá-la. E quem mais uma vez lhe salva a vida é Miguel.

Essa sequência deve ser exibida no dia 28 de janeiro.

A PROSTITUTA ENTRA NO CARRO DE UM DESCONHECIDO E É LEVADA PARA UM GALPÃO ABANDONADO

Poderosa sai furiosa do carro de Miguel após ele negar sexo casual com ela. Para o agrônomo, ele não a quer como os outros homens. Nisso, um carro para ali próximo e pergunta se ela quer ajuda. Miguel diz que eles só estavam conversando. O homem, então, oferece carona para a prostituta, que aceita. Miguel fica com raiva. Mas logo sente que algo de ruim pode acontecer e resolve seguir o carro.

No outro veículo, Poderosa pede para o cara lhe deixar numa rua próxima. Mas ele insiste para darem mais voltas até ela se acalmar. A jovem diz que não está nervosa. Ele insiste em rodar um pouco mais e logo pergunta se ela irá lhe cobrar. Assustada, Poderosa fica em silêncio. E o homem diz que a reconheceu pelo nome e lembrou que ela fazia ponto no posto de gasolina. A prostituta diz não trabalha mais lá e pede para ele parar o carro. Ela tenta abrir a porta, em vão.

O cara, então, diz para ela relaxar e acelera o carro. Miguel, um pouco mais atrás, está preocupado. Poderosa esbraveja que quer descer. O homem debocha dela. Logo ela vê pelo retrovisor Miguel os seguindo com a caminhonete. Um pouco depois, o homem entra com o carro no estacionamento de um galpão abandonado. Ele desliga o motor, sai e arranca Poderosa do veículo, com truculência. A jovem se debate e grita, num misto de medo e fúria.

Ela continua gritando para ele lhe soltar. O homem a chama de vaca e vadia. E ela rebate o chamando de cafajeste e nojento. E lhe dá uma joelhada nas genitálias. O homem berra de dor, arqueando o corpo. Nisso, a jovem começa a correr para fugir dali. Ela grita por socorro, apavorada. O homem vai se recompondo e começa a persegui-la. Nesse momento, chega a caminhonete de Miguel. Ele logo vê Poderosa correndo.

MIGUEL PERGUNTA, FURIOSO, POR QUE PODEROSA SEMPRE BUSCA A DOR, E ELA CAI NO CHORO

A jovem continua fugindo, mas fica mais tranquila ao ver Miguel. Só que o homem consegue alcançá-la e lhe dá uma gravata. Miguel fica mais tenso ainda. Ele faz menção que vai correr até onde eles estão, mas o homem ameaça dizendo que irá quebrar o pescoço da “vagabunda”. Miguel e Poderosa trocam um olhar sofrido, ela chora, borrando toda a maquiagem. Nisso, o homem avisa que ela irá pagar pelo o que fez. E que ele a quer.

A jovem diz que eles podem negociar. O homem fala que não tem conversa. E pergunta se ela não lembra de tê-lo humilhado. Ele conta de uma vez em que a abordou e ela disse que só topava se ele pagasse o trilho, de tão feio que era. Miguel intervém, dizendo para ele lhe soltar e que ela certamente está arrependida do que fez. Poderosa confirma. Mas o homem não quer saber de papo. Sem alternativa, Poderosa morde com força o braço do homem, desvencilhando-se dele.

Miguel corre e entra em luta corporal com o cara. O agrônomo pede para Poderosa correr. Ele dá socos, mas também apanha. Poderosa corre até a caminhonete de Miguel, liga o motor e acelera. Ela vai em direção aos dois e grita por Miguel. Os dois pulam por reflexo para não serem atropelados. Poderosa dá um cavalo de pau e Miguel entra na caminhonete, pegando já o volante. Mais longe dali, ainda no carro, a jovem agradece Miguel.

Ele logo pergunta como ela consegue ser tão cega, tão travada. Ela rebate dizendo que está há léguas de ser isso e que o único travado ali é ele. Miguel fala que ele é uma pessoa bem normal. E Poderosa pergunta se ela não é. O agrônomo responde que não, que ela é uma louca, irresponsável. Ela tenta sair do carro. Miguel para abruptamente e pergunta se ela tem a dimensão de que poderia ser novamente espancada.

E que saber se não aprendeu nada quando quase morreu no ataque de Bernardo (Heitor Martinez). Poderosa fica em silencia. Miguel baixa o tom. E pergunta por que ela busca tanto a dor. Ele encara a jovem, que não consegue segurar as lágrimas. Um silêncio toma conta de ambos. Ela seca os olhos. Delicamente, Miguel vira o seu rosto e a olha com ternura e compaixão. Ele a puxa e a abraça. A prostituta chora, acarinhada pelo agrônomo.

Amor Sem Igual: Ramiro pune Tobias com fim da exclusividade de Doutorzinha

Amor Sem Igual: Clima esquenta, mas Miguel nega sexo com Poderosa



Veja Também