Aloisio de Abreu canta o amor em tributo-pocket

O ator e diretor mistura bate-papo e humor em homenagem a Frank Sinatra


  • 24 de novembro de 2017
Foto: Guga Melgar


Amor é tudo de bom, não é? No tributo-pocket AloisioFrankSinatraDeAbreu, o ator, diretor e roteirista Aloisio de Abreu fala de cada tipo de amor com uma música do icônico cantor. Segundo Aloisio, “amor que deixa leve” tem a ver com Fly me to the moon; “amor que vicia”, I’ve got you under my skin; “amor com forte conotação sexual”, seria Strangers in the night. No show, ele é acompanhado do pianista André Poyart, responsável também pela direção musical e arranjos das músicas.

No espetáculo, que inaugura o horário vespertino de 17h do Teatro Rogério Cardoso, na Casa de Cultura Laura Alvim, Rio, tudo é mostrado em tom de romance, bom humor e bate-papo com a plateia. A ideia da montagem surgiu de um sonho, literalmente. Enquanto pesquisava repertórios e cantores brasileiros ou não, Aloisio sonhou com Frank Sinatra. E descobriu ainda que ele e o americano nasceram no mesmo dia - 12 de dezembro.

AloisioFrankSinatraDeAbreu. Teatro Rogério Cardoso, na Casa de Cultura Laura Alvim. Av. Vieira Souto, 176, Ipanema, Rio. Às sextas, às 17h. De R$ 40,00. Até 08/12.



Veja Também