Segundo Sol: Nice coloca Agenor para fora de casa após incêndio

Quando ele ameaça bater na cozinheira, Maura aponta arma para o pai


  • 18 de setembro de 2018
Foto: Globo/João Miguel Júnior


Finalmente, Agenor (Roberto Bonfim) começa a ter o fim que merece, bem longe da esposa, Nice (Kelzy Ecard). E será a cozinheira que logo descobrirá que foi o marido machista que colocou fogo no restaurante de Cacau (Fabíula Nascimento), em capítulo a ser exibido em outubro.

Assim que volta para a casa após ver todo o estabelecimento onde trabalha queimado, Nice não esconde a cara amarrada, e vai direto para a cozinha. “Ué, o que foi que deu nela? Como tá lá o incêndio? Queimou tudo, né? A ira de Deus quando bate em quem faz por merecer vem forte! E aquela abusada da dona Cacau mais que mereceu, foi bem feito!”, debocha Agenor.

E logo Nice volta segurando um galão de querosene. “Foi você! Eu sabia! Tá aqui a prova! Por isso comprou tanto galão de querosene, pra tacar fogo no restaurante!”, atesta ela.

Segundo Sol: Ícaro revela à Manu que Valentim é irmão deles

Segundo Sol: Laureta mata o capanga Galdino

NICE: “FORA DAQUI AGENOR. SAIA DE MINHA CASA. RUA!”

Maura acompanha ali, toda a cena, pasma. “Por que isso, Agenor? Por que tanta ruindade, queimar o restaurante da dona Cacau, o lugar onde eu trabalho, onde um monte de gente trabalha!”, pergunta ela, indignada. “Tá maluca, mulher? Fiz isso não! Deve ter sido desleixo de cozinheira que deixou o fogão aceso!”, fala ele.

Mas Nice diz que não adianta ele mentir. “Os bombeiros já descobriram que foi incêndio criminoso, que foi causado por querosene, que você comprou ainda ontem! Tinha seis galões desse daqui, cadê o resto? Usou em que?”, acusa ela. O machista continua negando, negando...

E Nice não se aguenta. “Pensa mesmo que a gente é idiota pra acreditar nessa sua história tronxa? Foi você, eu sei que foi! Não suportou ver o meu sucesso, a minha felicidade de trabalhar no restaurante, não agüentou ter sido demitido por uma mulher, você foi pro fundo do poço da amargura e quis levar todo mundo junto com você! Aquela felicidade que tava quando entrou em casa hoje não era normal. Você tinha acabado de botar fogo no restaurante!”, diz ela.

Agenor continua negando, até que ela e Maura logo sentem o cheiro de fumaça e querosene na roupa dele. Nice, finalmente, toma a atitude que todo o Brasil estava esperando. “Fora daqui, Agenor!... Saia de minha casa! Rua!”, diz ela, firme. “Essa casa é minha, não saio daqui mas é nunca! Tá louca? Quer apanhar? Cale a boca e fique na sua ou lhe dou um coça de cinto que...”, diz.

Nesse momento, Maura puxa a arma. “Nem pense em relar a mão na minha mãe! Se não quer ir preso, só obedeça, vai! Saia daqui!”, ordena. Depois de discutir com a filha, ele levanta a mão para bater nela, e Maura dá uma joelhada no saco dele, que se contorce. Nice aproveita para empurrá-lo para fora de casa. “Saia de minha casa, de minha vida!”, diz ela.

NICE PARA CACAU: “ELE FEZ ISSO PARA SE VINGAR DE MIM E DA SENHORA, NÃO AGUENTOU ME VER AQUI FELIZ, E ELE TER SIDO DEMITIDO”

No outro dia, Nice chega no restaurante, e observa que só restou escombros. Lá, está Cacau, chorando, com o apoio de Ícaro (Chay Suede) e Rosa (Letícia Colin). E a cozinheira conta tudo. “Não foi acidente, dona Cacau. Quem fez isso aqui foi Agenor, meu marido”, diz ela, diante de todos incrédulos.

Rosa logo quer saber toda a história. “Como assim, minha mãe?”, pergunta. “Foi ele, sim, fez pra se vingar de mim e da senhora, dona Cacau, fez porque Agenor não agüentou de raiva de eu estar aqui, trabalhando, toda feliz, e ele ter sido demitido”, conta a cozinheira. “Eu nunca poderia imaginar que ele tivesse tanto ódio de mim”, diz Cacau.

Mas Nice mostra toda a sua força nessa hora. “Não fica assim, dona Cacau, eu vou ajudar a senhora a reerguer isso aqui”, atesta ela. “Agenor é doente... É certeza que foi ele, dona Cacau. Eu custei pra acreditar que tava junto de um monstro. Mas já expulsei aquele traste de casa”, conta. “Mãe! A senhora fez isso?! Até que enfim!”, comemora Rosa.

Nice deixa Cacau à vontade para denunciá-lo à polícia. Mas a irmã de Luzia (Giovanna Antonelli) diz que em consideração à ela, não irá entregá-lo. “O importante é que ninguém se feriu e a gente tem saúde pra recomeçar”, fala Cacau.

E Nice dá a sua palavra de que logo tudo voltará a ser como antes. “Eu fico muito agradecida. E aliviada, ia ser difícil seguir a vida com esse peso dele preso. Que Agenor siga o caminho dele e eu o meu. A senhora é como uma filha pra mim, eu vou ficar do seu lado, vou dar a minha vida pra senhora ter seu restaurante de volta. Vou trabalhar dia e noite, sem parar, e logo a Toca vai voltar a funcionar!”, promete ela.

E a cozinheira começa a arregaçar as mangas, mexer nos móveis, tirar o lixo. “Ô orgulho que tenho dessa mãe”, fala Rosa.



Veja Também