O Tempo Não Para: Civilidade de Marocas em papo com Waleska

Ao lado de Samuca, jovem diz que nunca será obstáculo na relação dele com o bebê


  • 30 de outubro de 2018
Foto: Reprodução Globo


Os valores de ética e caráter de Dom Sabino (Edson Celulari) com certeza foram herdados por Marocas (Juliana Paiva). Após ter reatado com Samuca (Nicollas Prates), a jovem dá prova de civilidade ao procurar Waleska (Carol Castro), até então grávida de um filho do empresário.

É que a esta altura da trama, todos já saberão que Coronela (Solange Couto) falsificou o exame de DNA, e o pai da criança, na verdade, é Mateus (Raphael Vianna). Mas nem Samuca, nem Waleska saberão a verdade ainda nesta sequência que deve ser exibida a partir do dia 12 de novembro.

O Tempo Não Para: A união de Samuca, Marocas, Elmo e Celine

O Tempo Não Para: Carmen e Samuca comovem Dom Sabino

MAROCAS À WALESKA: “SAIBA QUE NÃO SOU, NEM NUNCA SEREI OBSTÁCULO A QUE SAMUEL TENHA UMA RELAÇÃO DE PAI E FILHO COM O BEBÊ QUE VOCÊ CARREGA NO VENTRE”

No escritório do empresário, Samuca e Marocas se beijam apaixonados. E logo ele a questiona. “Tem certeza que cê quer mesmo fazer isso?”. “É o certo a se fazer”, diz ela. “Lembra do que a gente se prometeu?”, fala Samuca. “Nada nem ninguém vai nos separar”, fala Marocas.

E os dois trocam declarações de amor. “E eu te amo mais do que tudo na vida”, fala Samuca. “Eu também o amo, Samuca. Vamos lá?”, diz a jovem. Eles saem e chegam na pensão de Coronela. Logo são recebidos com um café pela gananciosa senhora. “Que bom que cê veio, meu filho. Posso te chamar de filho, né? Você e a minha filha agora são uma coisa só. Filho é pra sempre”, fala ela.

Neste instante, ele pergunta por Waleska. “Tá fazendo xixi. Sabe como é grávida, né? (diz para Marocas). Cê não sabe porque nunca esperou neném, claro”, provoca Coronela.

Já diante da ex-oficial da Marinha, Marocas fala. “Senhorita Waleska... Waleska... Eu só quero que você saiba que eu não sou, nem nunca serei um obstáculo a que Samuel tenha uma relação de pai e filho com o bebê que você carrega no ventre”, diz Marocas. “É uma atitude nobre da sua parte, Marocas”, fala Waleska.

“Não é fácil para mim estar aqui, diante da mãe de um filho do homem que eu amo. Vocês têm um elo eterno, como disse a senhora Coronela”, repete Marocas. “Minha mãe falou isso?”, reage a guarda-costas, sem graça.

SAMUCA: “MAROCAS, VALEU MESMO PELO JEITO QUE VOCÊ TRATOU A WALESKA, VOCÊ É MUITO LEGAL”

Marocas concorda com Coronela. “Ela tem razão... E eu entendo que todos têm direito à felicidade. Eu, Samuel, você e esse bebezinho, acima de tudo”, fala. “Eu volto a dizer, Waleska, tô do seu lado pro que você precisar”, diz ele. “Tá tudo bem, obrigada”, responde ela, contida.

Nesse momento, Marocas levanta-se. “Eu que agradeço por ter nos recebido, srta. Waleska. Com licença”, diz ela. Marocas sai junto com Samuca. Waleska não se segura e cai no choro. Logo, é confortada por Coronela. “A senhora também ficou assim quando engravidou de mim?”, perguntou ela, sobre estar tão sensível.

Já de volta à Samvita, Samuca agradece a iniciativa de seu amor. “Marocas, Valeu mesmo pelo jeito que cê tratou a Waleska. Cê foi muito legal... Você é muito legal”, fala ele. “Samuca. Só quero que a Waleska tenha uma boa hora e que seja feliz com seu filho. E desejo que você seja um bom pai. Será, não tenho dúvida”, fala.

“Tudo vai dar certo. Se você tá do meu lado, eu tenho certeza... Falando nisso, eu tenho uma proposta pra te fazer”, avisa ele. “Diga. Sou toda ouvidos”, fala. “Você podia trazer a sua marca de roupas aqui pra Samvita. O que cê acha? A gente tem muito espaço aqui”, fala ele.

Amorosa, Marocas fala olhando no olho de seu amado. “Samuca. Agradeço imenso a sua oferta. Mas a Kikinico é algo muito pessoal. Não quero parecer mal agradecida, mas sei que preciso vencer com minhas próprias forças. Você me entende?”, pergunta. “Eu entendo, meu amor. Mas o que cê precisar...”, oferece ele. “Sei que posso contar com o meu amado...Sempre...”, fala ela, afetuosa.



Veja Também