Espelho da Vida: Alain é grosso ao ver beijo de Jorge Benício em Cris

Cineasta não contém o ciúmes no ensaio de cena romântica do filme com Danilo e Julia


  • 03 de dezembro de 2018
Foto: Reprodução Globo


Esse mix de realidade e ficção está fazendo Alain (João Vicente de Castro) perder fácil o controle. E é durante um ensaio do filme Amor Imortal com os personagens Julia Castelo, vivida por Cris (Vitória Strada), e Danilo Breton, papel de Jorge Benício (Miguel Coelho), que o diretor extravasa seu ciúme.

Essa sequência está prevista para ir ao ar nesta terça, dia 4 de dezembro.

Espelho da Vida: Ana e Flávio se reconciliam

 

Espelho da Vida: Eugênio flagra encontro de Julia e Danilo

ALAIN FICA TENSO AO VER BEIJO DE CRIS E JORGE BENÍCIO

Alain, Cris, Jorge Benício e Bola (Robson Nunes) estão com os roteiros em mãos durante o ensaio. Eles terminaram uma cena. “Corta, o clima entre os dois não tá bom, é um romance de época, cheio de respeito, distância, toques sutis, olhares, mas tem que ter paixão. E agora qual cena é?”, fala Alain. “A cena seguinte é a que eles saem da festa e vão pra fora sozinhos, pela primeira vez”, explica Bola.

“Ah, beleza, é a do beijo né? Cris, tudo bem?”, pergunta Jorge Benício. “Tudo certo, Jorge, vamo fazer a cena completa, espero que eu consiga”, fala Cris. “Atenção, ação ensaio”, diz o diretor. Eles começam, e Cris logo se emociona. Aí entra um insert da mesma cena vivenciada por ela como Julia em uma “volta ao passado”.

O ensaio é bem parecido com o que realmente aconteceu. E Cris se entregando ao momento. “Por favor, Danilo, não, meu pai não concorda”, diz Cris. “Seu pai, o coronel não pode ser um obstáculo para o que sinto por você”, fala Jorge. Os lábios dos dois quase se tocam. E Alain ali começando a reagir, Bola só observa.

“Não pergunta nada, por favor, não posso falar”, diz Cris. “Então eu falo: me apaixonei por você no instante que entrou no gabinete no primeiro dia de aula, Julia”, diz Jorge. “Não faz assim, eu preciso ir, voltar...”, explica Cris. Mas nesse momento, ele a beija, o beijo evolui, Cris ali, meio estranhando. E Alain tenso com a situação.

CRIS PARA ALAIN APÓS ELE QUASE AGREDIR JORGE BENÍCIO: “ VAI, DIZ QUAL A LOUCURA QUE TAVA NA SUA CABEÇA AGORA! MAS PENSA BEM”

Chega um momento em que Alain fala: “Corta!”. Jorge insiste um pouco, mas o cineasta o puxa com força. “Eu falei corta!”, diz ele. “Eu tava ensaiando! Qual o teu problema, Alain?”, quer saber Jorge, meio sem entender aquele clima.

Fulo, Alain arma um soco, mas Bola pula no meio. “Opa, opa ! Cena maravilhosa ! Alain curtiu pacas, não foi, diretor?”, pergunta o assistente. “Você pediu paixão, a gente tá te mostrando qual a paixão que vai botar no personagem e você me empurra assim? Que tipo de diretor é você? Estou aqui fazendo meu trabalho, sendo parceiro da colega de cena! Qual é, cara ?”, o confronta Jorge.

Alain logo cai em si. “Eu falei corta, você não ouviu, achei que...”, tenta se explicar. “Achou o que, Alain? Vai, diz qual a loucura que tava na sua cabeça agora! Mas pensa bem! Ou então pede desculpas e vamos pra cena seguinte”, pondera Cris. “Eu me excedi, Jorge. Me desculpem, os dois. Esses dias têm sido muito intensos, estressantes pra mim”, fala o diretor.

“Tudo certo, cara, eu entendo, seu primeiro filme, desculpas aceitas. Segue o jogo...”, fala Jorge Benício. “Bola, passa o restante do texto com eles, por favor. Ou então o ensaio tá suspenso um tempo...”, diz Alain. O cineasta sai sem olhar para trás. Jorge e Cris se olham. “Eu atravessei algum limite contigo? Foi mal...”, quer saber Jorge. “Não, Jorge, tudo certo”, fala Cris.



Veja Também