The Voice Kids estreia com novidades no júri e com Márcio Garcia na apresentação

Os técnicos Gaby Amarantos, Michel Teló e Carlinhos Brown falam da expectativa para essa temporada


06 de junho de 2021

Márcio, Carlinhos, Gaby, Teló e Thalita. Foto: Globo/Fábio Rocha

A partir deste domingo, dia 6, logo após Temperatura Máxima, o público voltará se emocionar, se divertir e se surpreender com os talentos mirins que subirão ao palco do The Voice Kids. Com direção artística de Creso Eduardo Macedo, a sexta edição do reality traz novidades, como a apresentação de Márcio Garcia. “O Boninho me ligou me perguntando se eu teria vontade de apresentar. Eu até brinquei com ele, falei: ‘Deixa eu pensar e te volto’. Ele perguntou se ia demorar muito. Eu falei: ‘Só um minutinho. Já pensei. Estou dentro’. Demorei 30 segundos para dar a resposta (risos)”, contou.

Para Márcio, é difícil não se emocionar com a atitude e a voz da criançada, mas também com as torcidas de cada um. “Apesar de, por causa da pandemia, não termos o contato direto, eu vejo os familiares por uma TV, vejo a reação dos pais e vem forte a emoção. A criança cantando é lindo, muita alegria, mas quando você vê os pais, irmãos, todos chorando, acaba embarcando junto. Está sendo uma experiência incrível”, diz ele. Thalita Rebouças continua mostrando tudo o que acontece nos bastidores.

O apresentadora Márcio Garcia. Foto: Globo/Fábio Rocha

Na última edição, o campeão foi Kauê Penna, do time de Brown. Outra novidade é que a nova temporada do The Voice Kids chega também às telas do Gloob. A estreia no canal infantil acontece no dia 11 de junho, às 22h, e irá ao ar toda sexta-feira, após a exibição do programa no domingo da Globo.

GABY AMARANTOS E MICHEL TELÓ SE JUNTAM A CARLINHOS BROWN NO TIME DE TÉCNICOS

Com as saídas de Claudia Leitte e Simone & Simaria, Carlinhos Brown ganha reforço no time de técnicos. Gaby Amarantos comemora a entrada no reality. Já Michel Teló, pentacampeão do The Voice, estreia no Kids. Eles falaram um poucos sobre a expectativa da edição.

GABY AMARANTOS

O que você espera dos candidatos do seu time? Que eles tenham coragem de se expressar, de serem diferentes e de alcançarem tudo que eles sempre sonharam alcançar através da música, porque é possível. A música é uma das coisas mais divinas que existem no planeta. Eu estou muito feliz de participar do The Voice Kids! Não só por ser da Amazônia e trazer a diversidade, o colorido e tudo que eu sei que represento, mas também por toda humildade de sentar em um lugar onde eu vou poder devolver para esses talentos um pouco do que eu tive quando eu comecei na música e tive a minha mãe como minha maior incentivadora.

CARLINHOS BROWN

O que o técnico Carlinhos prioriza para virar a cadeira? Naquele momento a prioridade está na expressão artística da voz, e na verdadeira entrega ao subir no palco. Mas independente de virarmos as cadeiras, independentemente dos resultados, todos os participantes passam por uma grande vitrine ao se apresentar no programa, e têm a chance de aprender muito com aquele coletivo. Um vai escutando as dicas dadas ao outro e todos nós juntos aprendemos bastante, sempre.

MICHEL TELÓ

Como vai ser o técnico Teló para as crianças e adolescentes? Quero passar muito para eles justamente o que vejo como foi pra mim quando criança. Como eu acreditei, como me dediquei e como a música foi para mim. Com 14 anos, eu já tinha montado um estúdio, aprendi a produzir meus álbuns e quero mostrar que eles têm que acreditar na verdade deles. Quando comecei, o estilo de música que eu cantava era muito regional, mas eu acreditava tanto naquilo que deu certo. Houve uma revolução da música sertaneja, dentro da música brasileira. Então, quero passar as coisas que acho que fazem a diferença na vida de um cantor. E acredito que a abordagem não mude muito. São crianças e adolescentes, mas é impressionante como eles são antenados. Acho que a conversa com eles é de igual e eles estão muito receptivos para aprender.