Ti Ti Ti: Fim do segredo! Magali revela à Rebeca que é herdeira da fábrica

A doidinha da Stéfany é quem obriga a secretária a contar toda a verdade para a ricaça


28 de julho de 2021

Foto: Reprodução Globo/Montagem

Recentemente, o público descobriu o segredo que Magali (Lucia Bronstein): ela é herdeira dos Bianchi, donos da fábrica onde trabalha, em Ti Ti Ti. Dona Mocinha (Maria Célia Camargo), avó dela e de Armandinho (Alexandre Slavieiro), foi amante de Orlando (Paulo Goulart), falecido marido de Rebeca (Christiane Torloni). E quando essa história chega aos ouvidos da pilantra Stéfany, ela corre até a fábrica. Assim que a vê, Rebeca se surpreende. “É bom a senhora se acostumar com a minha presença aqui, porque eu sou esposa de um dos donos dessa fábrica”.

Rebeca dá risada. “Eu acho que eu não ouvi direito”. A jovem conta que Armandinho e Magali - ela aponta para a secretária -, são netos do Orlando Bianchi. A ricaça parece incrédula. “Que conversa doida é essa, menina?”, fala Gino (Marco Ricca), que também está ali na antessala da presidência. Stéfany se volta para Magali e pergunta se ela está falando alguma mentira. “Fala, Magali, fala alguma coisa. Explica essa maluquice toda”, diz Rebeca, se aproximando da secretária. Magali afirma que é tudo verdade. “O doutor Orlando teve um caso com a minha avó há muito tempo. Eu e o Armandinho somos neto dele”.

Foto: Reprodução Globo

REBECA FICA EM CHOQUE AO SABER QUE SEU EX-MARIDO SE RECUSOU A ASSUMIR A FILHA E AINDA AMEAÇOU DONA MOCINHA DE MORTE

Nervosa, Magali diz que não era para Rebeca ficar sabendo dessa forma. “Ih, era para todo o mundo estar feliz e fica um climão. Vai, Magali, dá um abraço na avó Rebeca”, provoca a periguete. Gino intervém e consegue fazer Stéfany ir embora. Rebeca chama Magali até a sua sala. A moça conta toda a história, deixando a ricaça passada. “O Orlando se recusou a assumir a própria filha e ainda ameaçou a sua avó de morte?”. Magali conta que o empresário tinha medo que dona Mocinha prejudicasse o casamento dele com Rebeca.

Magali revela ainda que o pai de Rebeca também fez de tudo para que a avó dela não se aproximasse. “Porque se a senhora descobrisse a existência da minha mãe talvez desistisse de se casar”. Rebeca afirma que desistiria sim. “Eu não posso acreditar que o meu pai e o meu marido tenham sido tão canalhas”. A secretária conta ainda que eles têm provas, como cartas de Orlando e do pai dela. E afirma que soube da história há uns três, pouco antes de sua mãe falecer. “Foi por isso que eu vim trabalhar aqui, para tentar descobrir se o doutor Orlando e o doutor Tadeu ainda queriam a nossa cabeça”.

Foto: Reprodução Globo

REBECA CHORA E PEDE PARA GINO NÃO ABANDONÁ-LA EM MOMENTO TÃO DIFÍCIL

Rebeca parece atônita. Gino pergunta o motivo de eles não terem pedido a herança assim que souberam das mortes de Orlando e Tadeu. A moça conta que a avó tinha medo que Rebeca quisesse acabar com ela, assim como o pai e o marido. A empresária ri, chocada. “Eu, acabar com alguém? Isso é a coisa mais absurda que eu já ouvi na vida”. Magali afirma que sabe disso. “Eu trabalho aqui, eu conheço o caráter da senhora, mas a minha avó não”. Rebeca olha para a secretária, se desculpa e diz que não sabe nem o que pensar. Gino pede para Magali sair e avisa que eles conversam mais depois.

A sós com o amado, Rebeca chora. “Gino, eu não posso acreditar. Será que eu passei a minha vida inteira casada com um bandido? Pior, filha de um bandido...”. Gino diz para ela ter calma. A empresária pede para ele não abandoná-la. É que momentos antes, eles visitaram um apartamento para morarem. Gino achou tudo muito ostentoso, deixando Rebeca contrariada. Depois, ele revelou que eles são muito diferentes e que casamento não daria certo. E pediu para deixar a fábrica. Rebeca o abraça. “Por favor, não me deixa, eu não sei nem o que fazer sozinha”, pede. “Não se preocupa, eu vou estar do seu lado”, garante ele.

Foto: Reprodução Globo