Nos Tempos do Imperador: Dolores tem ajuda do “anjo” Celestina, foge do hospício e deixa Tonico encrencado

A moça se emociona ao descobrir que Nélio está vivo e é acolhida pela família imperial


10 de janeiro de 2022

Nos próximos capítulos de Nos Tempos do Imperador, após muito tempo de sofrimento, finalmente, Dolores (Daphne Bozaski) consegue fugir do hospício. Quase sem esperanças, a jovem reza em sua cela para que um milagre aconteça para ela sair do hospício e que nada de ruim aconteça com a filha, Mercedes. Um tempo depois, após ter sido mantida praticamente presa em cárcere privado, por ordem de Tonico (Alexandre Nero), ela adoece, e o médico da casa diz que ela precisa tomar sol.

Nesse dia, um “anjo” surge diante dela: Celestina (Bel Kutner). A governanta vai até o local buscar Nicolau (Cassio Pandolfh), que recebeu alta. Antes de sair, o mordomo diz que precisa se despedir de uma amiga e vai até Dolores. Arrasada, a jovem se vira e vê Celestina atrás de seu amigo. A governanta também a reconhece e se aproxima dela. “Nós ficamos sabendo o que o Tonico havia feito com você e o Nélio”, conta. Dolores parece surpresa e pergunta como ela soube. “O Nélio está vivo. Ele está no Rio de Janeiro”.

Nos Tempos do Imperador: Nélio reaparece “vivo” e desmascara Tonico: “Assassino!”

 

Veja aqui todas as notícias de Nos Tempos do Imperador

Nos Tempos do Imperador: Guebo transa com Zayla dias antes de se casar com Justina, fica mexido e toma decisão

Dolores fica impactada e se emociona com a notícia. “Vivo? Pedi tanto por um milagre. O Nélio vivo! E a nossa filha?”. Celestina fala que ainda não sabem onde está a criança. Dolores revela que está com Tonico, porque viu uma foto da bebê no colo dele. E conta também que o vilão ordenou à direção da clínica a mantê-la em cárcere privado. Celestina afirma que falará com o diretor, mas Dolores lembra que Tonico deve estar mancomunado com pessoas lá e que ninguém a deixará sair. Um tempo depois,  o médico entra na cela de Dolores.

Quando ele se vira para falar com ela, leva um susto ao ver Clementina amarrada e com roupas de Dolores. No mesmo momento, a jovem já está na carruagem, vestindo o traje da governanta, com Nicolau, em direção à Quinta. Ao chegar lá, ela conta toda a história para Teresa (Letícia Sabatella), que se comove e diz que foi a “mão de Deus” que a salvou. “Se soubesse o tanto que rezei a Ele pedindo um milagre! E quando menos espero, me aparece Celestina, meu anjo salvador, para me libertar daquele calvário. Foram anos de sofrimento, Majestade”, conta ela.

Teresa diz que o pesadelo acabou e que se Tonico estiver com a filha dela e de Nélio (João Pedro Zappa), eles vão encontrá-la. Nessa hora, entra Celestina. Dolores logo pergunta se o médico da clínica não está vindo atrás dela. A governanta fala que ele tinha essa intenção. “Mas quando contei que você estava na Quinta, sob a proteção da família imperial, ele logo desistiu! Só que a essa hora, com certeza, Tonico já soube da fuga”. No hospício, o diretor vê a fúria do deputado ao saber da fuga de Dolores e descobre toda a armação do vilão.