Marcela Brandão lança Sobre Maria, uma homenagem a clássico da MPB

A artista reforça a força da mulher brasileira, assim como a canção de Milton Nascimento e Fernando Brant


24 de novembro de 2020

Foto: Alê Saraiva

A cantora e compositora Marcela Brandão, de 30 anos, aproveitou o período de distanciamento social para refletir sobre as mulheres desse novo século. Principalmente, as de 2020, que em meio a uma pandemia se mostram ainda mais fortes. Assim, nasceu Sobre Maria, uma homenagem ao clássico da MPB Maria Maria, de Milton Nascimento e Fernando Brant. “Milton Nascimento e Fernando Brant dividiram a letra em duas partes. A primeira sobre quem é a Maria (é um dom, uma certa magia, é o som, é a cor, é o suor, é a dose mais forte e lenta) e a segunda sobre o que é preciso ser (é preciso ter força, é preciso ter raça, é preciso ter graça, é preciso ter sonho sempre). Em Sobre Maria fiz uma versão contemporânea em que nossas Marias aprenderam esses ensinamentos e se empoderaram: vivem muito mais do que só aguentar, apesar de também misturarem dor e alegria”, explica.

Na canção composta por ela, 42 anos após Maria Maria, ela fala a menina de peito, de punho e de útero em luta. Maria tem visão e consciência da soberania da natureza sobre o homem. “A Maria de hoje aprendeu - ainda que a duras penas - a sonhar, a lutar, a ser e ter graça e mantém a fé viva dentro de si”, fala. Nesse novo trabalho, a artista conta que, diferentemente dos anteriores, ela se posiciona, até porque música e consciência política andam juntas. “Vemos muitas cantoras brilhando por aqui, mas o universo dos músicos e da produção de estúdio ainda é majoritariamente masculino”, fala. Da chamada Nova MPB, a paulistana tem como influência em sua música nomes como Cícero, Silva, Dani Black, Tim Bernardes e Criolo. O seu primeiro EP, Retorno de Saturno, conta com cinco composições, sendo três autorais e duas releituras de canções que resistem ao tempo.

CLIQUE AQUI E OUÇA SOBRE MARIA

Capa. Foto: Divulgação

VEJA O MAKING OF