João Zoli: Do futebol para a música e a atuação

Filho de Cláudio Zoli, ele lança a Dois Z com o irmão Pedro


  • 22 de maio de 2018
Foto: Anderson Marques


Até os 18 anos, João Zoli jogou na zaga dos juniores do Botafogo, mas por conta de um rompimento dos ligamentos do joelho, seu sonho de tornar-se atleta profissional não se concretizou. Mas como ele tem no sangue a veia artística – é filho do grande cantor e compositor Cláudio Zoli –, tem agora. Aos 25 anos, a chance de ver realizado um outro desejo: de ter reconhecimento nas artes.

Formado em atuação na renomada Casa das Artes de Laranjeiras (CAL), ele tem feito testes para trabalhos como atuar e também está com novidades na música. João lançou ao lado do irmão Pedro, de 28 anos, que é músico, a Dois Z, com hits de sua autoria.

“Meu pai sempre preferiu que eu ficasse na atuação, falava que vida de músico era muito difícil, mal sabia ele como funciona o meio da interpretação (risos). Ele apoia do jeito dele, mas apoia”, diverte-se João.

Foto: Vinícius Mochizuki

INÍCIO COMO ATOR

“Conversando com meu primo sobre profissão, ele me sugeriu procurar uma escola de teatro para ver se eu gostava. Desde a primeira aula me apaixonei pela arte e sigo até hoje estudando. Estudei na CAL durante três anos. Sempre fugi um pouco de cantar, mas não teve jeito, tava no sangue, e é uma coisa aonde eu dependo mais de mim”

PARCERIA COM IRMÃO PEDRO

“Eu sempre escrevi muitas músicas, mas não tocava em lugar nenhum, meu irmão sempre seguiu carreira de músico... Um dia sugeri que a gente formasse a parceria e estamos na correria juntos hoje!”

Foto: Anderson Marques

ESTILO MUSICAL DA DOIS Z

“Eu sempre gostei muito de diversos estilos de música, soul, mpb, e também rap, acho que tem uma mistura disso tudo aí!”

INFLUÊNCIAS

“Eu tenho influência nacional no rap, gosto de Oriente, gosto do Um44k, entre outros.”

INSPIRAÇÃO PARA COMPOR

“Eu acabo escrevendo em momentos que estou passando por alguma situação, escrevo muito sobre o que acontece na minha vida, passando a minha verdade!”



Veja Também