Quinteto Violado mostra sucessos regionais no show Free Nordestino

Apresentação no Rio marca festejos pelos 47 anos de carreira do grupo


  • 10 de julho de 2018
Foto: José Marcos


Em comemoração aos seus 47 anos, o grupo Quinteto Violado, apresenta o show Free Nordestino, dias 12 e 13 de julho, quinta e sexta-feira, às 19h, na Caixa Cultural Rio de Janeiro. E a promessa é de arrebar o público com grandes sucessos da música regional.

Formado atualmente por Dudu Alves, voz e teclado, Marcelo Melo, voz e violão, Roberto Medeiros, voz e bateria, Ciano Alves, flauta e violão, e Sandro Lins, baixo, sobem ao palco para um passeio no ritmo nordestino.

No repertório, sucessos como Asa Branca, de Humberto Teixeira e Luiz Gonzaga, Disparada, de Geraldo Vandré e Théo de Barros, Algodão, de Luiz Gonzaga, Xote das Meninas, de Luiz Gonzaga, Acauã, de Luiz Gonzaga, e Sete Meninas, de Dominguinhos e Toninho Alves.

NOME DO SHOW INSPIRADO EM FRASE DE GILBERTO GIL

O atual show do Quinteto Violado ganhou esse nome por causa de uma declaração de Gilberto Gil, feita quando o cantor voltava do exílio, na década de 70. Indagado sobre o estilo musical do grupo, ele disse: “É um free nordestino”.

Foto: José Marcos

INTERAÇÃO ENTRE O ERUDITO E O POPULAR

Surgido nos anos 70, o Quinteto Violado trouxe uma nova proposta para a música brasileira, com ênfase no Nordeste. Extraindo das mais simples manifestações populares a sua essência rítmica e melódica, eles criaram uma nova concepção musical, tendo como traço fundamental a interação entre o erudito e o popular.

Com tanto tempo de estrada, do norte ao sul do país, com apresentações também no exterior, o Quinteto tem dois livros lançados, 4 DVD's e 52 álbuns.

Show Quinteto Violado – Free Nordestino. Dias 12 e 13/07, quinta e sexta. Às 19h. Caixa Cultural Rio de Janeiro – Teatro Arena. R$ 20,00. Duração: 90 min. Classificação: Livre.



Veja Também