Nikki Lacerda: A youtuber de 10 anos que dá lição de vida

Menina, que tem paralisia cerebral, já entrevistou Xuxa e Ivete em seu canal


  • 09 de maio de 2018
Foto: Cristiano Prim


Por Luciana Marques

Quem conversa cinco minutos com a youtuber Nikki Lacerda, de 10 anos, se encanta de imediato com ela. Já no início da entrevista, quando pergunto sobre o que gosta mais gosta de fazer quando não está na escola... “Gente, eu sou uma pessoa muito estudiosa, uma 'santinha'. Que mentira!”, responde, provocando risadas a sua volta.

E ela é assim sempre! Espirituosa, linda, divertida e com um astral maravilhoso. Sua mãe, Manon Lacerda, que o diga: “Tem dias que eu estou atacada, dou umas broncas nela. E ela, rindo de mim, diz, ô mãe, fica calma, a senhora já tomou a sua cervejinha hoje? Olha o que ela fala para mim?”.

Nikki nasceu com paralisia cerebral, resultado de uma parada respiratória ao nascer, ficou mais de um mês na UTI, sendo uma semana entubada. Mas lutou para sobreviver, e com amor da família, os pais Manon e Jorge Eduardo, e dos irmãos Thayanni, de 27 anos, e Nichollas, de 19, e mesmo com a limitação de não andar - ela está reaprendendo a ficar em pé após cirurgia com ajuda da órtese -, ela dá uma lição de vida e superação a cada dia.

Foto: Cristiano Prim

“A gente educa a Nicolly a não ser vítima da vida. Então, na cabeça dela, ela não tem essa coisa de preconceito, de se sentir diminuída. Às vezes, se sente até um pouco mais e tem que puxar a rédea. E não tem essa preocupação de ter que andar um dia. Eu acho até engraçado, ela não liga a felicidade ao caminhar”, explica Manon, em Florianópolis, onde a família, que é do Rio, vive atualmente.

E é em seu canal no youtube Nikki Lacerda, que ela fala de inclusão de forma pura e simples. Ali, mostra o seu dia-a-dia, as aulas de balé, tutorial de maquiagem, entrevista médicos e, claro, celebridades. Entres os nomes que já conversaram com a youtuber, nada mais nada menos do que Xuxa e Ivete Sangalo. E, para os seguidores que enfrentam o mesmo problema que ela, aconselha: “É difícil, mas nunca desistam!”.

Na entrevista, também em vídeo abaixo, após nossa insistência, essa pequena grande guerreira ainda canta, lindamente. Imperdível!!!

Foto: Cristiano Prim

O que você mais gosta de fazer quando não está na escola?

Quando estou em casa, eu adoro pegar o controle do meu lexuzbox e ver um monte de trollagem. Eu fico rindo sozinha. Eu adoro!

Como surgiu a ideia de ter um canal no youtube?

Eu assistia vários youtubers no youtube. E eu pedi para a minha irmã fazer um canalzinho para mim. Daí minha mãe nãos sabia nada sobre isso. Então, eu, minha mãe e minha irmã, a gente conversou e minha irmã fez um videozinho de maquiagem e, desde então, o meu pai começou a editar vídeo. E daí está aí o meu canal, eu sempre rindo e alegre.

Quais os tipos de entrevistas que você faz no canal?

Não tem um tipo de entrevista, se é famoso, se faz sucesso, se eu gostei, tem lá no meu canal.

Foto: Cristiano Prim

Como foi entrevistar nomes como Xuxa e Ivete Sangalo?

Foi um prazer muito maravilhoso! Porque quando eu comecei com o canal, eu já comecei entrevistando a Xuxa, o segundo vídeo foi com a Ivete Sangalo. Elas são as rainhas do Brasil e do 'país afora'.

Que tipo de mensagem você quer passar com as entrevistas que você faz?

O tipo de mensagem que eu quero passar é que os meus fãs saibam um pouquinho da vida dos famosos e que eu me divirta.

Eu sei que você adora cantar... Dá uma palinha aí pra gente?

Cantar, meu Deus, que vergonha. Nicolas (o irmão), dá uma palinha para a gente (veja Nikki cantando lindamente no vídeo).

Como você é na escola, “santinha” ou apronta muito?

Tia Cris, desculpa! Só que, assim... Eu sou meio os dois. Às vezes, a professora Cris chega e diz, chega de conversar Nicolly. Às vezes, eu tiro nota 9 em comportamento, ás vezes, 10, então, estou meio nos dois.

Foto: Cristiano Prim

O que você falaria para crianças e jovens que tem o mesmo problema que você?

Para nunca desistir! Eu sei que nossa rotina é difícil, tem terapia, escola... Mas nunca desistir, porque eu sei que é difícil, mas vocês conseguem, nunca desistam, tá bom?

O que você quer ser quando crescer?

Eu vivo falando para a minha família que quando eu crescer eu quero batalhar pelo direito dos outros. Então, eu quero ser juíza.

E a sua família, o que significa para você?

Minha família é tudo pra mim. Eles fazem tudo por mim. Eu adoro a minha família, não ia trocar ela de jeito nenhum por outra família.

Nikki por Nikki, como se definiria?

De defeito, eu sou muito dorminhoca, eu não quero acordar de manhã. Para ir para a terapia é um trabalho. Pergunta para a minha mãe, ela fica me sacudindo na cama e eu nunca acordo. E de qualidade, guerreira, eu sou muito guerreira. Quando eu não consigo um negócio, eu tento de novo e tento e tento até eu conseguir.



Veja Também