Ítalo-holandesa Fosca abre a exposição Animal Sapiens no Rio

Artista plástica mostra pela primeira vez seu trabalho no Brasil


  • 18 de outubro de 2018
Obra La Forza Bruta. Foto: Fosca


Filha de uma veneziana e um holandês, a artista plástica Fosca nasceu num barco atracado no Mar do Norte, em meio ao Oceano Atlântico. O seu olhar, predominantemente azul, encontrou na fauna e na flora brasileira mais cores, e um objeto de pesquisa para o seu trabalho.

A partir dessa inspiração, ela criou a mostra Animal Sapiens, que será aberta neste sábado, dia 20, a partir das 16h, na Casa Voa, no Rio. Entre os 11 trabalhos expostos, pinturas nankin, cera, dióxido de titânio e acrílico sobre linho, pregos sobre madeira, instalações de parede e uma projeção em animação feita inteiramente à mão, imagem por imagem. 

Grattino. Foto: Fosca

“O hábito de estar ao redor do fogo, no silêncio da natureza, escutando a água do rio que corre e o barulho da madeira seca queimando acordou em mim um sentimento mais primitivo, ancestral. A partir daí, surgiram novas ideias que compõem esse meu novo trabalho”, conta a artista.

A ARTISTA LEVOU UM ANO PARA CONCLUIR DUAS OBRAS

Fosca foi convidada por Antonio Bokel e Marcelo Macedo para mostrar pela primeira vez a sua arte no Brasil. Por conta do trabalho meticuloso da artista, duas das obras levaram 13 meses para serem concluídas.

Volupia. Foto: Fosca

“Além das telas Volupia (onça com colar de folhas) e Amore cucito (lince com pato) que eu já estava finalizando antes do convite para expor, também nasceram depois as obras Ricordi Lontani e Prego Selvatico”, explica Fosca.

Animal Sapiens. Exposição da artista plástica Fosca. De 20/10 a 16/11. Casa Voa. Rua Marquês de São Vicente, 458, Gávea, Rio. Visitação: De seg., a sáb., das 10h às 18h. Classificação: Livre.



Veja Também